Piso de madeira: beleza, elegância, isolamento e aconchego

Piso de madeira: beleza, elegância, isolamento e aconchego

Piso de madeira. Fotos Divulgação Viva Decora

Publicado em Decoração 28/10/2018 às 4:27

O revestimento do piso é um detalhe poderoso em uma decoração de interiores, capaz de transformar o visual de qualquer ambiente. Há muitas opções diferentes, com tamanhos, texturas, cores e resistências diferentes. Um bom exemplo é a madeira, que desde a antiguidade é apontada como um recurso natural valioso para a construção civil, podendo ser usada em diversos setores de uma casa.“Ela é um recurso natural que deve ser bem aproveitado, beneficiado e trabalhado com bom trato. Utilizado de forma artesanal ou processado industrialmente, possui características fantásticas que podem ser aplicadas em praticamente todas as etapas da construção civil. E quando é usado no piso não é diferente.”, arquiteto Felipe Silveira, em reportagem de Revista Zap Imóveis.

Piso de madeira. Fotos Divulgação Viva Decora

O piso de madeira está de volta em propostas de arquitetura residencial contemporâneas. Veja as informações e exemplos apresentados a seguir. Eles comprovam como esse nobre material pode se tornar o toque de elegância e aconchego que você buscava para a decoração de sua casa. “A madeira dá um clima de aconchego. Quando colocado no piso e parede proporciona mais acolhimento ao ambiente, o deixando mais aquecido.” , falou a designer Laura Santos, em reportagem de Estado de Minas.

Piso de madeira. Fotos Divulgação Viva Decora

Piso de madeira. Fotos Divulgação Viva Decora

PONTOS POSITIVOS
O primeiro ponto que se pode destacar do piso de madeira é, obviamente, sua naturalidade. Isso quer dizer que, diferente de muitos outros revestimentos, como o porcelanato, esse material é capaz de proporcionar um melhor conforto térmico.
O que isso quer dizer? Que independente da estação do ano, os ambientes sempre se manterão num clima mais agradável – melhor ainda para regiões de clima frio.
Outra coisa associada ao piso de madeira é o seu bom isolamento acústico – mais uma característica positiva de uma casa com conforto ambiental adequado. Não é a toa que muitas casas feitas em alvenaria ou bloco de concreto têm suas paredes e lajes revestidas internamente com o material.
E a manutenção nem é difícil. Dentro de casa, basta passar uma vassoura e aspirador de pó que fica tudo certo!

Piso de madeira. Fotos Divulgação Viva Decora

PONTOS NEGATIVOS
O ponto negativo é quanto às áreas que ficam expostas à umidade excessiva. Banheiros, cozinhas e varandas podem receber piso de madeira, contando que ele receba um tratamento de impregnação ou impermeabilização correto.
E mesmo com essa camada protetora, o dono do imóvel precisa ter certos cuidados na hora de realizar a limpeza do revestimento. Jamais deve-se usar qualquer agente abrasivo!

Piso de madeira. Fotos Divulgação Viva Decora

DIFERENTES TIPOS
Existem várias categorias de pisos de madeira – isso pode ser conferido em lojas especializadas de materiais de construção. A principal diferença entre elas é com relação à resistência e dureza. Contudo, diferem também em largura, comprimento e espessura; além das possibilidades de instalação. Isso é o que vai determinar onde cada peça pode ser usada. Tem algum tipo e outro de pisos de madeira, disponível no mercado, que mais se destaca nos interiores. Com eles é possível montar ambientes muito lindos, de visual rústico ou moderno. Alguns requerem mais cuidados e outros serão menos resistentes. Mas todos, sem exceção, passarão uma imagem muito acolhedora e aconchegante. Ou seja, perfeito para qualquer proposta de decoração.

Piso de madeira. Fotos Divulgação Viva Decora

Taco e Parquet
Tanto o taco quanto o parquet são tipos de pisos compostos de pequenas peças de madeira formando desenhos geométricos. Eles são colados um a um sobre um contrapiso. Depois, lixados e envernizados. O resultado é um revestimento brilhoso, de qualidade bem duradoura.

Assoalho
O assoalho é um tipo de piso de madeira bastante empregado em propostas de decoração de interiores. Sua maior vantagem é o excelente aspecto visual – sem comparação com nenhum outro.
Porém, a desvantagem é o preço elevado – o que explica a dificuldade de encontrá-lo no mercado. O motivo é que muitas de suas peças são feitas de materiais raros – nada legal para a natureza.

Carpete e laminado
O carpete e o piso laminado de madeira são tipos de revestimentos que simulam bem o efeito do assoalho. Eles são compostos de finas camadas de madeira natural com madeira processada. Sua instalação é bem fácil. Porém, podem ser facilmente danificados pela umidade – mesmo no processo de limpeza – ou ficar riscado apenas com a circulação de pessoas.

Piso de madeira. Fotos Divulgação Viva Decora

Inserindo os pisos de madeira em propostas de decoração
Os arquitetos e designers de interiores viram na madeira uma solução para enriquecer ambientes nos mais variados estilos. Com o tempo, o material deixou de ser associado à imagem de casas rústicas de campo e virou símbolo de charme e sofisticação para moradias urbanas. Agora, podem-se ver ambientes contemporâneos muito bonitos e acolhedores cobertos com peças de madeira, do piso ao teto. “Para uma decoração mais rústica, pode se usar madeiras no teto, piso, móveis e mesclar com elementos de pedras. Já em decorações contemporâneas, o uso da madeira deve ser feita com mais parcimônia, apenas para dar um toque de aconchego.”, explicou a designer Laura Santos, em Estado de Minas.

Piso de madeira. Fotos Divulgação Viva Decora

O piso de madeira é perfeito para todo o tipo de ambiente. Mas, o decorador precisa ter cuidado na hora de empregá-los aos interiores, pois as características de cada cômodo é que vai determinar como usar o revestimento.
Por exemplo, em áreas pequenas, deve-se evitar o uso de piso escuro, porque iria diminuir o espaço. Já em áreas grandes, isso não ocorreria.

Piso de madeira. Fotos Divulgação Viva Decora

Se o proprietário do imóvel tem dúvidas, o melhor é manter uma base neutra. Assim ficará mais fácil combinar o piso de madeira com as peças decorativas. Tons claros ficam melhor com propostas românticas e despojadas. E tons escuros com as formais e sóbrias. Lembrando que os tapetes sempre podem dar um toque mais acolhedor e atemporal aos ambientes. “Em contraste ou em concordância com as paletas de cores locais, harmonizando um conjunto ou em destaque no projeto, o madeiramento segue as mesmas regras de composição e tem fácil inserção na criação dos espaços.” – arquiteto Felipe Silveira.

Estas dicas sobre pisos de madeira na decoração foram criadas pela equipe Viva Decora.

Compartilhe
Publicado por
Mirella Martins

Comentários
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com