publicidade
24/08/18
Capa do álbum
Capa do álbum "Michael", lançado em 2010. Foto: Reprodução/Sony Music

Sony assume que lançou músicas falsas de Michael Jackson

Publicado por Igor Guaraná em Famosos às 15:52

Lançado em 2010, Michael, primeiro álbum póstumo do ‘rei do pop’, Michael Jackson, foi lançado em torno de algumas polêmicas. Supostamente, o CD são regravações feitas antes de sua morte, ocorrida em 2009. No entanto, três dessas músicas foram feitas pelo o amigo de Michael, Eddie Cascio. Na época, uma fã chamada Vera Serova notou que as faixas: Breaking News, Keep Your Head Up e Monster não teriam a verdadeira voz do intérprete.

LEIA TAMBÉM: ‘Thriller’, de Michael Jackson, perde posição do álbum mais vendido da história; confira quem passou na frente!

Para comprovar sua teoria, Vera entrou com um processo contra Cascio e sua gravadora, a Angelikson Productions LLC acusando-os de gravar músicas falsas e vendê-las através da Sony Music. James Porte também é mencionado nos altos do processo por ser um dos compositores da canção. Porém, essa semana, a Sony resolveu admitir que as músicas em questão são realmente falsas! O Twitter A Truth Untold, que vem acompanhando o processo, relatou que na última terça-feira, 21, a Sony confessou que elas não são cantadas por Michael Jackosn, e sim por um sósia.

LEIA TAMBÉM: The Voice | Priscila Tossan é ovacionada; pernambucana é salva pelo público e passa para próxima fase

“Como esperado, por motivos de argumentação, Sony confessou que as músicas são falsas e não são cantadas por Jackson, e sim por um imitador. Sony também concedeu que a venda das músicas de fato prejudicou consumidores”, dizia o post. A corte decidirá o caso, mas mesmo com a Sony livre de culpa, o processo pode seguir em frente para Cascio, Porte e Angelikson.



FECHAR