Claudia Rodrigues volta ao trabalho após tratamento com Canabidiol

Claudia Rodrigues volta ao trabalho após tratamento com Canabidiol

Claudia Rodrigues (Imagem: Reprodução)

Publicado em Famosos 14/08/2018 às 11:44

Claudia Rodrigues participou do programa Superpop dessa segunda-feira (13) e falou sobre seu período afastado da TV. A atriz conta que melhorou da esclerose múltipla após um tratamento com Canabidiol, substância química encontrada na Cannabis (maconha).

LEIA TAMBÉM > Walcyr Carrasco confirma continuação de “Verdades Secretas”

“Melhorei muito, estou bem melhor. O que me falta é equilíbrio, mas devagarinho vai. Tomo antibiótico e antiviral todo dia. Leite, açúcar, chocolate, glúten, ovo não posso, cortei tudo. “, começou Claudia Rodrigues, falando sobre seu tratamento. A

Ao falar sobre seu remédio extraído da Cannabis, ela contou como é aplicado e seus benefícios: “Essa é a melhor coisa que tem. São gotas concentradas de Canabidiol que você toma, tomo 30 por dia. Antes tremia, não tremo mais”. Além do uso substância, ela revelou que outras práticas ajudam: “A esclerose é uma inflamação, então tem que malhar, comer e dormir direito. Se não, perde fibra muscular”.

Descoberta da doença

Além do tratamento, outro tema abordado foi como se deu a descoberta da esclerose múltipla e a aceitação por parte da atriz e da sua família.

“Em 2000 eu fazia a peça ‘Monólogos da Vagina’ e, do meio para o final, senti o braço ficar dormente. Acharam que eu ia infartar. Fui para o hospital, fiz todos os exames e deu esclerose múltipla. O médico disse: não tem cura, pode deixar de andar, falar, ouvir… Está na merda’. Tive um surto em 2007 e pararam com [o seriado] ‘A Diarista’. Não conseguia decorar, me mandaram tratar”, explicou Claudia.

Com a notícia, vieram os questionamentos da família a preocupação: “Minha filha [Isa, de 14 anos] sofreu muito. Ela perguntava para minha empresária: ‘minha mãe vai morrer? Vai ficar aleijada?’ Escuto isso e choro sem parar. Ela me deu muita força”.

Mágoas da Globo?

“A Globo me deu muita visibilidade, eu sou muito grata pelo que ela me proporcionou”. E os amigos da época? “Já magoei e desmagoei. A gente tem muitos colegas mas, quando está na merda, os verdadeiros amigos ficam”, respondeu Cláudia Rodrigues ao ser questionada sobre críticas à sua antiga empresa.

Sobre seu retorno, ela adiantou que ele não está distante: “Eu vou voltar, volto em setembro agora. Dia 17 de setembro estou voltando a atuar em Curitiba, com Diogo Portugal, Marcelo Médici e David Pinheiro, fazendo humor”. Questionada se voltaria a trabalhar na TV, ela prontamente respondeu que “Se quiserem, eu volto. Quero trabalhar. Eu quis me tratar para falar ‘agora estou pronta'”.

Maconha e Canabidiol no Brasil

Apesar de enviada em 2014, ainda está em tramitação no Senado uma ementa de autoria do Programa e-Cidadania, que busca “regular o uso recreativo, medicinal e industrial da maconha”. O relator do processo é o Senador Cristovam Buarque (PDT – DF). Ele já se declarou favorável à liberação dos medicamentos à base do derivado da maconha, como os usados no tratamento de doenças como mal de Parkinson, autismo, esclerose e câncer.

O uso recreativo da maconha no Brasil é proibido por lei, sendo punido com penas mais brandas que o tráfico. Esse, porém, é classificado de acordo com relato do policial que faz o flagrante. Essa medida, por sua vez, levantou denúncias de racismo e recortes de classe como fatores que influenciam se o sujeito vai ser classificado como usuário ou traficante.

Compartilhe
Publicado por
Victor Augusto

Comentários
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com