Azaelia Banks reage a campanha contra seus shows no Brasil

Azaelia Banks reage a campanha contra seus shows no Brasil

Foto: Instagram/reprodução

Publicado em Notas 9/08/2018 às 10:47

Azealia Banks tem uma série de shows marcados pela primeira vez no Brasil este ano. Terá apresentação junto a  Pabllo Vittar  em novembro deste ano, em Fortaleza e  no Rio no mesmo mês. Na capital pernambucana, a apresentação da rapper acontece no dia 15 de novembro, feriado da Proclamação da República.

Tudo certo até aí, massa para os fãs brasileiros. A questão é que há uma corrente aqui no Brasil de pessoas que não querem ver a cara da rapper. Isso porque, em 2017 a cantora ofendeu brasileiros num post em que dizia “não saber que na favela tinha internet” e xingou brasileiros: “Quando esses anormais do terceiro mundo vão parar de fazer spam com esse inglês errado falando sobre algo que não sabem? É hilário ser chamada de vadia negra por brasileiros brancos. Eles deveriam se preocupar com a economia primeiro”.. , disse. Os shows marcados por aqui geraram uma uma campanha contra sua apresentação país.

Nesta quarta-feira, a americana reagiu contra a represália, escrevendo em português e relatando ter sofrido preconceito pelo Facebook. “Veja, quando você é uma princesa americana como eu…. Você começa a viajar pelo mundo e encontrar pessoas que te amam e se relacionam com você, independentemente de qualquer coisa. Além disso (sic), há a quantidade de racismo vivenciada online por parte de brasileiros brancos, me chamando de crioula e camponesa (…) Eu poderia ser muito descuidada (sic) com o que alguém tem a dizer sobre mim. Estou indo ao Brasil para festejar com meus fãs e você pode engasgar”, escreveu. Na época dos insultos ela chegou a falar do racismo que sofreu por aqui:  “O Brasil tem o maior número de pessoas que enchem minha página de insultos racistas. Não ligo de qual país você é. Racismo é racismo. E um monte de meninos brancos de um país com as piores políticas para negros não vão vir aqui me xingar quando não sabem sequer falar a língua com a qual tentam me insultar”, falou.

Na mensagem publicada nesta quarta-feira em seu Instagram, Banks cita o site “Portal Popline”, que entrevistou dois MC’s contrários às apresentações da artista no país. A ação começou no Instagram por meio da #AzeliaNão. “Essa mina tá tirando. Vai falar mal do Brasil, não vai pedir desculpa e vem aqui achando que somos trouxas? Cantar e levar embora o dinheiro dos favelados (como ela mesma disse)? Não vamos ficar quietos, @azealiabanks”, diz o post.

Compartilhe
Publicado por
Anneliese Pires

Comentários
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com