Documentário de Josias Teófilo sobre Olavo de Carvalho vence o Cine PE

Documentário de Josias Teófilo sobre Olavo de Carvalho vence o Cine PE

Foto: Divulgação

Publicado em Notas 4/07/2017 às 8:54

O filme O Jardim das Aflições foi consagrado o melhor filme do Cine PE. A premiação aconteceu nessa segunda-feira (3), no Cinema São Luiz. O documentário, dirigido por Josias Teófilo, expõe o pensamento do filósofo Olavo de Carvalho e mostrar a rotina pacata do intelectual paulista, que atualmente reside com sua família na cidade de Colonial Heights, estado da Virgínia (EUA), partindo dos temas do livro homônimo publicado por Olavo em 1995.

A ficção Diamante, o Bailarina, de Pedro Jorge, de São Paulo, ganhou o prêmio de Melhor Curta Nacional. Já o curta Luiza, do paraense Caio Baú, recebeu Menção Honrosa do Júri pela delicadeza e sensibilidade na abordagem da sexualidade de uma jovem deficiente com sua família, mostrando os tabus e as dificuldades de lidar com essa realidade.

[youtube ErvhYt_EUzE]

 

Confira a lista completa dos vencedores:

MOSTRA COMPETITIVA DE CURTAS-METRAGENS PERNAMBUCANOS
Melhor Filme – “Los Tomates de Carmelo” (PE), Danilo Baracho
Melhor Direção – Danilo Baracho, “Los Tomates de Carmelo” (PE)
Melhor Roteiro – Marcelo Cavalcante, “Marina e o pássaro perdido” (PE)
Melhor Fotografia – Danilo Baracho, “Los Tomates de Carmelo” (PE)
Melhor Montagem – Marcus Paiva, “Soberanos da Resistência” (PE)
Melhor Edição de Som – Sérgio Kyrilos, “Marina e o pássaro perdido” (PE)
Melhor Trilha Sonora – Carlos Ferrera, “Soberanos da Resistência” (PE)
Melhor Direção de Arte – Felipe Soares, “Autofagia” (PE)
Melhor Ator – Emanuel David D`Lúcard, “Autofagia” (PE)
Melhor Atriz – Brenda Lígia, “Aqui Jaz” (PE)
JURI POPULAR – “Autofagia” (PE), Felipe Soares
PREMIO DA CRÍTICA – “Entre andares” (PE), Aline van der Linden e Marina Moura Maciel

MOSTRA COMPETITIVA DE CURTAS-METRAGENS NACIONAIS
Melhor Filme – “Diamante, o Bailarina” (SP), Pedro Jorge
Melhor Direção – Day Rodrigues e Lucas Ogasawara, “Mulheres Negras: projetos de mundo” (SP)
Melhor Roteiro – Olimpio Costa e Mauricio Nunes, “O Ex-Mágico” (PE)
Melhor Fotografia – Pedro Maffei, “Retratos da Alma” (DF)
Melhor Montagem – Márcio Miranda Perez, “Quando os dias eram eternos” (SP)
Melhor Edição de Som – Jefferson Mandú, “O Ex-Mágico” (PE)
Melhor Trilha Sonora – Claudio Nascimento, “O Ex-Mágico” (PE)
Melhor Direção de Arte – Daniela Aldrovandi, “Diamante, o Bailarina” (SP)
Melhor Ator – Eucir de Souza, “Sal” (SP)
Melhor Atriz – Helena Albergaria, “O Tronco” (SP)
MENÇÃO HONROSA DO JÚRI – “Luiza” (PR), Caio Baú
JURI POPULAR – “Mulheres Negras: projetos de mundo” (SP), Day Rodrigues e Lucas Ogasawara
PREMIO DA CRÍTICA – “O Ex-Mágico” (PE), Olimpio Costa e Mauricio Nunes

PRÊMIO CANAL BRASIL DE CURTAS
“Diamante, o Bailarina” (SP), Pedro Jorge

MOSTRA COMPETITIVA DE LONGAS-METRAGENS:
Melhor Filme – “O Jardim das Aflições” (PE), Josias Teófilo
Melhor Direção – Edu Felistoque, “Toro” (SP)
Melhor Roteiro – Edu Felistoque, Julio Meloni, “Toro” (SP)
Melhor Fotografia – Alex Lopes, João Atala, Raul Salas, Natalia Sahlit, Inti Briones, “O Crime da Gávea” (RJ)
Melhor Montagem – Matheus Bazzo e Daniel Aragão, “O Jardim das Aflições” (PE)
Melhor edição de som – Guilherme Picolo, Lucas Costabile, “Toro” (SP)
Melhor Trilha Sonora – Nancys Rubias , She Devils , Kumbia Queers, “Los Leones” (MG)
Melhor Direção de Arte – Lúcia Quental, “O Crime da Gávea” (RJ)
Melhor Ator Coadjuvante – Rodrigo Lampi, “Toro” (SP)
Melhor Atriz Coadjuvante – Aline Fanju, “O Crime da Gávea” (RJ)
Melhor Ator – Mário Bortolotto, “Borrasca” (SP)
Melhor Atriz – Simone Spoladore, “O Crime da Gávea” (RJ)
JURI POPULAR – “O Jardim das Aflições” (PE), Josias Teófilo
PREMIO DA CRÍTICA – “Los Leones” (MG), André Lage

Compartilhe
Publicado por
Mirella Martins

Comentários
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com