Veja como aplicar o método Montessori no quarto do bebê

Veja como aplicar o método Montessori no quarto do bebê

O método Montessori, criado pela médica e educadora italiana Maria Montessori, privilegia a busca direta e pessoal do aprendizado

Publicado em Decoração Notas 11/06/2017 às 11:10

Você sabia que é possível educar os filhos a partir da decoração do quarto deles? É o que propõe o método Montessori, criado pela médica e educadora italiana Maria Montessori, que privilegia a busca direta e pessoal do aprendizado. De acordo com ela, o quarto infantil deve ser estruturado de acordo com a ótica da criança e não do adulto, de forma que ela circule livremente no seu ambiente, descobrindo possibilidades e estímulos para seu desenvolvimento.

Método Montessori – Andrea Marques – Divulgação NaToca

De acordo com a arquiteta Maria Ana de Andrade Lima, este tipo de projeto exige não só um quarto bonito, mas um ambiente em que a criança possa ficar sozinha sem se machucar, por exemplo. Que consiga acessar aquilo que é dela sem perigo e sem depender de outra pessoa para isso é fundamental, estimulando a criatividade e curiosidade. Por isso é importante que no quartinho tenha apenas aquilo que é dela, feito para ela, pensado para ela. “Um dos princípios é que a decoração inclua recursos para tornar a criança independente, autônoma e de maneira que ela possa interagir com todos os objetos que têm no quarto; que estes não sejam apenas para enfeitar”, explica. Segundo Maria, esse método pode ser usado até uns cinco anos de idade, mas isso vai depender da criança e do seu desenvolvimento. “É necessário que o ambiente seja adaptado a cada fase, conforme a evolução dos pequenos e a faixa etária”, revela. Entre as principais dicas para montar um quarto montessoriano, Maria revela que a primeira é que tudo seja acessível à criança; ela deve ter acesso livre a tudo e inclusive deve organizar da maneira que mais gostar, sabendo onde encontrar seus brinquedos e alcançá-los com facilidade. A cama também deve ser baixinha, de maneira que ela possa subir e descer sozinha e sem perigo.

Método Montessori – Quarto por ML Arquitetura

Entretanto, ela alerta para alguns cuidados. “Objetos pontiagudos devem ser evitados assim como, enfeites de vidro e qualquer outro material que possa causar um acidente. Tomadas elétricas devem ficar totalmente fora do alcance. Caso não seja possível, a proteção necessária deve ser tomada”, comenta. No que diz respeito aos brinquedos, eles devem estar ao alcance dos pequenos, em prateleiras ou estantes baixas. Dessa forma, será possível que a própria criança pegue os seus brinquedos e os organize da forma que ela achar melhor. A autonomia e a organização são o maior “trabalho” nessa hora. “É nesse momento que nós profissionais entramos no ritmo das tendências. Estudando os elementos, as necessidades do ambiente e o que é possível executar em cada quarto. Não há nada mais gratificante que saber que nosso trabalho não só expressa harmonia estética e confortável, mas para estes atendemos as necessidades dos pais e inserimos elementos que estimulam o desenvolvimento dos filhos. Isso é encantador”, finaliza a arquiteta.

 

Compartilhe
Publicado por
Anneliese Pires

Comentários
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com