“Fiquei estereotipada”, reclama Cláudia Ohana sobre piadas com seus pelos íntimos

“Fiquei estereotipada”, reclama Cláudia Ohana sobre piadas com seus pelos íntimos

Cláudia Ohana /Foto: Reprodução Instagram Oficial

Publicado em Famosos 13/04/2017 às 3:26

Em 1984, Cláudia Ohana estampou a capa da revista Playboy pela primeira vez. O que chamou a atenção, na época, foi o fato de a atriz ter posado sem se depilar. Alvo de piadas e brincadeiras até hoje, Cláudia fez um desabafo para tentar colocar um basta no assunto. Aos 54 anos, a artista reclama que ficou estereotipada e que muitos se referem a ela como “a peluda”.

De volta à Playboy, onde posou nua duas vezes, Cláudia estreou como colunista na edição de abril. A atriz aproveitou a oportunidade para tocar no assunto. “Há exatos 33 anos que, quando se fala em Cláudia Ohana, a primeira imagem que vem à cabeça das pessoas é a de pelos, muitos pelos, pelos pra caramba!…Fui estereotipada'”, reclamou.

[instagram BSw_GXPgN1q]

Cláudia lembrou que naquela época a depilação não era hábito de grande parte das mulheres e que os pelos íntimos acabaram chamando mais atenção do que o seu próprio corpo. “Minhas ‘Playboy’ não foi um sucesso porque as fotos eram lindas nem porque meu corpo era incrível, mas por causa dos meus pelos! (…) “Foram eles, sim, meus pelos pubianos, que despertaram para a fama tão precocemente”, acredita.

Cláudia Ohana / Foto: Reprodução

Cláudia Ohana / Foto: Reprodução

A atriz também pediu respeito: “Não, não parei no tempo. As decisões que tomo sobre o meu corpo dizem respeito só a mim. E sem mais piadas! Por isso, peço que parem com essa apropriação do pentelho alheio. Não tome para vocês o que é meu. E tenho dito!. Nos dias de hoje, preciso confessar que, se é para o bem de todos e felicidade geral da nação, digo ao povo que depilo!”. Cláudia também refletiu sobre os padrões de beleza:

“Se por um padrão, ou não, resolvo deixá-lo mais natural, isso é problema meu. Ainda assim, as mulheres são cobradas quando o assunto gira em torno do que a sociedade acha que é politicamente correto. Apesar de acreditar que as regras valem para os dois sexos, se um homem posasse nu, na mesma época, com pelos pubianos, do Tarzan (na selva não tinha depilação), acho muito pouco provável que, até hoje, ele fosse lembrado por isso”, analisou.

Compartilhe
Publicado por
Anneliese Pires

Comentários
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com