“Não quero ser símbolo feminista”, afirma Dayse após término do MasterChef Profissionais

“Não quero ser símbolo feminista”, afirma Dayse após término do MasterChef Profissionais
Publicado em Famosos 14/12/2016 às 11:47

A Band exibiu na última terça-feira, dia 13, o último episódio da primeira edição do MasterChef Profissionais, que teve como campeã a participante Dayse Paparoto. A conquista lhe rendeu um troféu, um cheque de R$ 170 mil e um carro 0 km. Ao longo do programa, ela enfrentou situações de machismo.

Ao longo da sua trajetória no reality gastronômico, Dayse chegou a ouvir dos outros participantes que era a mais fraca e até deveria varrer o chão para ajudar nas provas. Para os internautas, que debateram constantemente sobre a polêmica, a vitória da moça foi uma vingança contra o machismo e misoginia.

Para o desafio final, os competidores tiveram que apresentar um menu degustação após uma prova dividida em duas etapas. Os quatros primeiros passos foram concluídos em duas horas, e os últimos quatro itens, incluindo dois pratos principais e duas sobremesas, precisaram ser entregues em duas horas e meia. Dayse arrasou nas entradas, nas sobremesas e nos pratos da primeira etapa, já Marcelo foi bem nos pratos principais.

Na saída dos estúdios da Band, com o troféu em mãos, Dayse dizia que não queria que a sua vitória estivesse “relacionada ao feminismo, porque não sou feminista”. “A pessoa só é ofendida quando se sente ofendida. O importante é ser quem você é”, pontuou.

Mesmo com a repercussão nas redes sociais, a audiência, de acordo com o ibope na Grande São Paulo, a Band marcou seis pontos, no período das 22h30 às 01h17, período em que estava sendo exibido. Confira a pontuação das outras emissoras no mesmo horário:

Globo – 14 pontos com 23%
SBT – 13 pontos com 22%
Record – 8 pontos com 13%
Band – 6 pontos com 9%

 

Compartilhe
Publicado por
Mirella Martins

Comentários
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com