Dani Acioli dialoga com as criações de Zuzu Angel em solo carioca

Dani Acioli dialoga com as criações de Zuzu Angel em solo carioca
Publicado em Artes 29/06/2016 às 1:52

A partir do dia 26 de julho, o Espaço GaleRio, a galeria do Instituto EixoRio, em Botafogo, recebe a exposição Trama: diálogos com Zuzu, da artista pernambucana Dani Acioli. A mostra é resultado de um convite da Prefeitura do Rio de Janeiro, numa parceria entre o EixoRio e o Instituto Zuzu Angel. A exposição marcará ainda o lançamento do Prêmio Viés de Moda 2016, que, nesta edição, homenageia a estilista Zuzu (in memorian), por meio da filha Hildegard Angel. A versissage está marcada para as 19h.

A artista plástica procurou travar uma relação mais delicada e menos direta com o legado da estilista mineira Zuleika Angel Jones.  Na individual, Dani expõe 10 desenhos, de 0,96 x 0,67 m cada, feitos em nanquim e caneta Posca sobre papel amarelo. Além deles, a recifense leva à capital carioca dois objetos: um relicário de madeira contendo um desenho (1 x 1 m) bordado em cima de renascença tingida de preto, e uma espécie de desenho em alto relevo ou, diríamos, matriz digital de gravura, talhada a laser, na qual faz referência à matriz da xilogravura (feita em madeira), uma das marcas da carreira da artista, embora nunca tenha talhado ou feito uma xilo de fato.

A exposição também conta com tecidos estampados pela La estampa, a partir de fragmentos dos desenhos da artista, e também com uma tela feita em renda renascença, bordada pelas rendeiras de pesqueira que levam a assinatura de Fátima Rendas. “Zuzu Angel foi uma mulher que buscou quebrar paradigmas em seu trabalho, com a utilização de materiais pouco comuns, à época, na moda.  Buscou, por exemplo, a renda e apreciava a cultura do Nordeste. Pegou a renda de bilro e colocou em um contexto sofisticado”, explica Dani.

Compartilhe
Publicado por
Anneliese Pires

Comentários
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com