#DiaDasMães: Minha mãe, meu exemplo

#DiaDasMães: Minha mãe, meu exemplo
Publicado em dia das mães Notas 8/05/2016 às 5:38

mãe

Na roupa, no salto, no cabelo, nas atitudes, as mães são espelhos das filhas – e futuras matriarcas  – em praticamente tudo. Desde criança, as garotas já admiram aquela figura que protege, acolhe, oferece carinho e muito amor. Com o passar dos anos, apesar de toda admiração, é normal que as filhas sigam caminhos diferentes, tanto pessoais, quanto profissionais. Mas não é o que acontece sempre. A convivência, o exemplo e o amor também podem chegar à vida profissional.  Para esse Dia das Mães, o Social1 resolveu conversar com mães e filhas que dividem não a árvore genealógica e paixão pela mesma profissão.

Jane e Rafa Suassuna

Com os olhos repletos de admiração e orgulho, Rafa Suassuna contou um pouco da sua relação com a mãe e sócia do Buffet Porto Fino. A história começou quando Jana, aos 40 anos, foi demitida do antigo emprego e decidiu abrir um negócio para si. Com o tempo, o empreendimento foi conquistando o público e, sem perceber, Rafa já estava envolvida no negócio. “Foi tudo por osmose. O fato de estarmos sempre juntas me colocou aqui dentro e desde então não saí”, afirma a filha que já está há nove anos ao lado da mãe.

Dayvison Nunes / JC Imagem Data: 04-04-2016 Assunto: SOCIEDADE - Especial dia das mães - Jane e Rafa Suassuna.

Foto: Dayvison Nunes / JC Imagem

“A gente é mãe, filha, sócias, companheiras de viagens, confidentes…”, ressalta Rafa. Para ela, Jana é e sempre será um eterno exemplo de garra e amor. “Minha mãe é um trator para trabalhar. Eu admiro muito a capacidade que ela tem de se reinventar aos 40 anos”, afirma a filha.

Dayvison Nunes / JC Imagem Data: 04-04-2016 Assunto: SOCIEDADE - Especial dia das mães - Jane e Rafa Suassuna.

Foto: Dayvison Nunes / JC Imagem

As duas brigam? Claro! Mas nada que consiga afetar o amor e o companheirismo que foi construído durante todos esses anos.

Marly e Lucinha Cascão 

Se Marly em 1960 já decidiu seguir os passos da mãe, com Lucinha não poderia ser diferente. As duas, que comandam uma das docerias mais influentes da cidade, a Marly & Lucinha Cascão, contaram que a união foi essencial, mas nem sempre foi assim. “No início não foi fácil, minha mãe era uma pessoa muito boa, que sempre teve pena de todo mundo, enquanto eu sou a razão, mas nem isso conseguiu nos afastar”, contou Lucinha.

Marly e Lucy Cascão. Foto: Dayvison Nunes/ JC Imagem

Marly e Lucy Cascão. Foto: Dayvison Nunes/ JC Imagem

Quando questionada sobre o que mais admira na sua mãe, a filha não hesitou em dizer: honestidade. “Minha mãe é muito verdadeira, do bem, ela é uma pessoa de caráter e se me perguntassem o que mais admiro nela, é justamente isso”, disse Lucinha.

Marly e Lucy Cascão. Foto: Dayvison Nunes/ JC Imagem

Marly e Lucy Cascão. Foto: Dayvison Nunes/ JC Imagem

Sabe aquelas mães geralmente complicam a vida dos filhos? Marly está longe de ser assim! “Minha mãe sempre descomplica a minha vida”, destaca a sua sócia e filha.

Julita e Julianne

Cabelo, unha, maquiagem: essas são as paixões das duas. Com 17 anos, ainda uma adolescente, Julita decidiu sair da cidade de Escada para traçar alcançar o seu sonho. Aos poucos, entre tribulações, filhos e casamento, a mãe conseguiu exatamente o que queria e, para Julianne, essa história sempre estará presente na sua vida. “Eu me espelhei nessa trajetória dela e ao mesmo tempo me cobrei muito honrar tudo que ela fez por mim”, afirma a filha.

“Acho que um fato que me marcou foi um sonho que eu tive com a minha avó em que eu dizia que ia fazer minha mãe ser reconhecida”, conta. Foi a partir desse fato que Julianne enxergou que gostaria de seguir o mesmo caminho da matriarca.

Julita e Julianne. Foto: Dayvison Nunes/ JC Imagem

Julita e Julianne. Foto: Dayvison Nunes/ JC Imagem

Após 16 anos juntas, decidiram cada uma comandar o seu salão. “Toda relação real passa por isso, ainda mais quando mistura a vida profissional com a pessoal. Mas o amor incondicional e a admiração superam tudo”, destaca Julianne , que ainda esse ano comandará um empreendimento próprio.

Julita e Julianne. Foto: Dayvison Nunes/ JC Imagem

Julita e Julianne. Foto: Dayvison Nunes/ JC Imagem

“O que a gente tem em comum é o dom dessa profissão que Deus nos deu e que amamos”, finaliza a filha.

Nizeuda Meira Lima, Nataly Carvalho e Raissa Lucian

Nataly e Raissa estudaram, se formaram em profissões diferentes, uma administradora e a outra engenheira de produção, mas a mãe das duas sempre alimentou um sonho: abrir um empreendimento para elas. Atualmente, as três comandam o L’Harmonie Center , espaço de reúne um salão de beleza e uma loja de roupas. Desde 2013 a casa, que já foi a moradia da família, abriga o negócio.

Dayvison Nunes / JC Imagem Data: 15-04-2016 Assunto: SOCIEDADE - Especial Dia das mães - Nizeuda Lima e Filhas.

Foto: Dayvison Nunes / JC Imagem

De maneira relaxada, as três comentam que cada uma acrescenta na outra. Nataly é a emoção , Raissa é a razão, já Nizeuda é a detalhista. “A gente considera mainha uma pessoa muito guerreira, que veio do nada. Trabalhou muito, mas sempre foi muito presente. Até hoje a gente não consegue imaginar a nossa vida sem ela ao nosso lado”, conta Raissa. Nesse momento, Nizeuda chega a brincar: “Agora vamos ver o que elas acham de mim”.

“Esse papel de mãe sempre foi muito importante para a gente, na vida profissional e pessoal”, destaca Nataly.

Raissa, Nizeuda e Nataly. Foto: Dayvison Nunes / JC Imagem

Raissa, Nizeuda e Nataly. Foto: Dayvison Nunes / JC Imagem

Quando questionada sobre a ideia do empreendimento, orgulhosa, Nizeuda faz questão de falar: “Eu resolvi investir na felicidade de vocês, minhas filhas”.

Compartilhe
Publicado por
Mirella Martins

Comentários
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com