#CinePE – Nathalia Dill e as artes cênicas

#CinePE – Nathalia Dill e as artes cênicas
Publicado em Famosos 3/05/2016 às 7:55

A atriz Nathalia Dill esteve presente, nesta segunda-feira (2), na estreia do longa Por trás do céu, de Caio Sóh, no qual ela está no elenco, na 20ª edição do Festival Audiovisual Cine-PE, no Cinema São Luiz. “O público pernambucano é muito receptivo, mas também muito exigente”, comentou Nathalia. No longa, a atriz incorpora Aparecida, uma mulher positiva, mas que carrega consigo traumas que impedem a realização de seus sonhos. A artista, atualmente, trabalha na novela das 23h da Rede Globo, Liberdade, Liberdade. Na noite de lançamento, ela conversou rapidamente com o Social1 sobre o filme, a novela, as artes cênicas e os próximos trabalhos.

nathalia dill - ptd

Nathalia Dill interpreta Aparecida em ‘Por Trás do Céu’/Foto: Divulgação.

S1 – Entre cinema, TV e teatro, com qual você mais se identifica?

Nathalia – Acho que depende muito do projeto. Quando ele é único, abordará vários temas através de uma linguagem diferenciada. Eu gosto de variar e transitar por elas, porque uma completa a outra. Eu consigo fazer uma pesquisa filosófica-humanitária independente de cada projeto, então em cada lugar nós exploramos algo diferente.

S1 – Quais as semelhanças entre Branca, sua personagem em Liberdade, Liberdade, e Xavier (Bruno Ferrari), seu par romântico na novela?

Nathalia –  A Branca é bela, recatada e do lar. Só que não. [brincou]. Ela tem um raciocínio, está dois tons acima da sociedade e gosta do status como ele é. Quer viver naquela sociedade e representa – quase – o Velho Testamento. Por mais que ela seja forte, ela usa essa fortaleza para manter a mulher em segundo plano. Diferentemente da Joaquina, uma mulher forte, mas que deseja transformação, da Revolução Francesa, fraternidade x igualdade. A Branca é a Maria Antonieta: “se as pessoas não têm pão, que comam brioche”. Em relação ao Xavier, é o contraponto: ela é o empecilho para ele conquistar a liberdade desse mundo novo.

S1 – Próximos projetos…

Nathalia – Há um filme que eu vou fazer fora, uma produção norte-americana, The Blue Mauritius. Tem a novela, que vai até agosto, e outros projetos que eu ainda não posso revelar.

 

Compartilhe
Publicado por
Mirella Martins

Comentários
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com