Final de ano é tempo de renovação nas cores da casa

Publicado em Casa Notas 6/12/2014 às 8:00
Final de ano é tempo de renovação nas cores da casa

O começo de um novo ano é marcado pelo tempo de renovação e de mudanças. Para os mais supersticiosos, as cores têm uma grande carga de valores pessoais e emocionais que podem guiar sua vida no decorrer do ano que está chegando. Conhecer o significado de cada cor pode ser uma boa oportunidade para quem está em dúvida e quer empreender na alternância para começar o ano bem. Reforma da casa, local que mais carrega a personalidade de cada um, é a aposta para colorir nesse final de ano, seja pintando as paredes ou dando cor aos móveis.

Foto: Rafael Araujo

Foto: Rafael Araujo

Azul:
A cor da tranquilidade. Perfeito para quem busca um local calmo. O azul também cria um tom de privacidade maior dentre as outras cores, trazendo um clima de serenidade ao ambiente. Dicas: azul-ciano; azul-celeste; azul-piscina; azul-anil; laguna.

Rosa:
Em tons claros ou escuros, o rosa traz um clima de ternura e romance ao local. Associada ao amor, essa cor é muito utilizada em quartos de casal e de adolescentes. Dicas: rosa-bebê; rosa dia-dos-namorados; rosa-chiclete; argila; flamingo; pitanga.

Laranja:
Cor ligada à criatividade, boas energias e coragem. Indicado para ambientes que se deseja estimulação do diálogo, como em salas de jantar e de visitas. Dicas: mostarda; tanger; caramelo; papaya.

amarelo

Amarelo:
Alegria não irá faltar em um ambiente com cores amarelas. A cor traz consigo uma carga de felicidade e otimismo, podendo ser decorada em ambientes onde a família está mais unida ou utilizando tons mais claros para ambientes de estudo. A cor amarela também é muito associada à riqueza e bonança. Dicas: amarelo-sol; cajá; amarelo-canário; amarelo-ouro; amarelo-dália.

Verde:
Símbolo de vida, o verde está associado à natureza, plantas, crescimento e energia. Assim como o azul, o verde carrega um clima de tranquilidade, alinhado à uma promoção de bem-estar. Tons mais claros como camomila, erva-doce e menta são mais indicados, pois tons escuros podem trazer um aspecto de cansaço ao ambiente. Dicas: verde-piscina; chá-verde; verde-jade; verde-maçã; verde-primavera.

Preto:
Sofisticação é a palavra que define a cor preta. Cor delicada para ser aplicada, precisando ter cuidado nas dosagens dos tons. A cor traz uma ligação com poder de decisão. Dicas: preto brilho; preto fosco, preto acetinado, preto-floresta; preto-luminária.

branco

Branco:
Tom neutro e frio que pode ser aplicado em qualquer ambiente que se desejar. Na parede, o branco dá bastante liberdade para a escolha da cor dos móveis. Traz paz ao local, precisando tomar cuidado para não ser usado em demasia. Dicas: branco-gelo; branco-pipoca; manto branco.

Roxo:
Cor da intuição. O roxo apresenta elegância e nobreza nos locais aplicados, oscilando também entre o erotismo e símbolo de poder. Indicado para ser usado em detalhes da casa. Dicas: açaí, uva; violenta.

Vermelho:
Cor bastante intensa. Excitante, estimulante e apaixonante são alguns dos adjetivos atribuídos ao vermelho, que também estimula a autoestima. É preciso ter atenção nas variações de tons dessa cor. Dicas: vermelho-vivo; vermelho-sangue; vermelho-radiante; vermelho-tomate; acerola.

Compartilhe
Publicado por
Mirella Martins

Comentários
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com