A lavagem dos cabelos também requer atenção especial

Publicado em Notas 23/08/2014 às 8:27
A lavagem dos cabelos também requer atenção especial

Fotos: divulgação

Fotos: divulgação

Fotos: divulgação

No mundo contemporâneo, os dias são bastante atribulados e algumas mulheres não reservam o tempo necessário para cuidar dos cabelos corretamente. E, nesta busca desenfreada por praticidade, acabam recorrendo a práticas comuns que podem danificar os fios ao invés de tratá-los. Para esclarecer as várias dúvidas acerca da maneira correta de higienizar os fios, a empresária e especialista Dorinha Silva, à frente do conceituado salão que leva o seu nome em Boa Viagem, traçou os mitos e verdades sobre a lavagem capilar.

Em relação à lavagem diária, a profissional explica que não existe uma quantidade de vezes específica, pois tudo vai depender de fatores como, tipo de cabelo, clima, estilo de vida e produtos consumidos. “Se o cabelo for oleoso, por exemplo, lavá-lo todo dia é ideal para retirar o excesso de gordura. Já se for seco, duas ou três vezes na semana é o suficiente”, pontua – ressaltando ainda que quem mora em regiões de clima quente, como o Nordeste, também deve ter cuidado redobrado. “O calor aumenta os danos causados pela oleosidade dos fios. Usar xampu anti-resíduos uma vez por mês também é essencial para retirar o acúmulo de produtos que se concentram no couro cabeludo”, complementa.

Sobre trocar a marca dos produtos capilares após determinado tempo de uso, Dorinha argumenta que é justamente o contrário, pois existem várias pesquisas científicas cujos resultados apontam que o uso contínuo de produtos o torna cada vez mais eficaz. “Mudanças nos fios e no couro cabeludo são decorrentes do tempo, principalmente no período da adolescência e após os 40. Nestes casos, o ideal é procurar um dermatologista, que indicará o produto certo e de acordo com a necessidade do cabelo”, aconselha.

Fotos ilustrativas (2)

Muitos têm dúvida em relação ao uso do condicionador. A especialista explica que aplicar o produto diretamente no couro cabeludo não é indicado pois há o risco de o produtor acumular e abafar a raiz, aumentando a oleosidade, causando caspa e até mesmo a proliferação de fungos. “O condicionador deve ser aplicado, no mínimo, a uma distância de três centímetros da raiz, sendo massageado do comprimento até as pontas. É necessário enxaguar muito bem para tirar todo o produto dos cabelos, caso contrário dificulta a respiração dos fios”, alerta. Ela salienta ainda que o uso da água quente prejudica os fios, já que a quentura pode abrir escamas e deixar as mechas ressecadas e com pontas duplas. “No momento do banho, o ideal é optar pela água morna, isso vai fazer com que a cutícula do cabelo se abra, permitindo uma maior absorção do produto. Já quando for enxaguar, use água fria para selar a cutícula, deixando os cabelos com mais brilho”, aconselha.

No segmento de beauté, o conceito de ‘menos é mais’ também é pertinente, principalmente no que se refere ao uso de produtos capilares, pois o aconselhável é investir na menor quantidade possível. Afinal, não é porque está fazendo mais espuma que os cabelos ficarão mais limpos. A mesma regra vale para o condicionador: usar uma grande quantidade do produto não fará com que os fios fiquem mais macios. Pelo contrário, o exagero pode deixá-los pesados e sem vida. “O melhor é usar uma medida de xampu e condicionador para duas medidas de água, diluindo-os”, conclui Silva.

Compartilhe
Publicado por
Mirella Martins

Comentários
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com