Robson Chagas dá adeus a Consuelá

Publicado em Notas 10/06/2013 às 3:45
Robson Chagas dá adeus a Consuelá
asdf

ADEUS Robson Chagas durante encontro com Consuelá e Célia Labanca, no Municipal 2001. Foto: Acervo Pessoal

“Fiquei muito triste ao saber no sábado (08) que havia perdido umas das figuras mais emblemáticas do nosso Estado. Morre Consuelá. Tive o prazer de conhecê-la no avant première de minha vida, aos 16 anos, quando fui convidado por Jader Austregésilo para ajudar da coordenação do Baile Municipal do Recife.  Fiquei encantado com o bom gosto e sofisticação de Consuelá, ao saber que ela era hors concours dos Bailes de Carnaval da época, conhecedora da alta costura parisiense, pois foi vedete nos anos áureos das Casas de espetáculos Carousel em Paris e Madame Arthur, maquiadora e camareira nos bons tempos da TV Jornal e TV Tupi. Também tive a satisfação de participar de almoços e jantares em sua cobertura na Boa Vista, onde recebia e cozinhava em alta gastronomia para seus convidados. De cultura e conhecimento envolventes, perdemos umas das figuras mais irreverentes e criativas que tive o prazer de conhecer”.

* Robson Chagas é decorador e amigo pessoal da artista pernambucana, que morava na Alemanha

Compartilhe
Comentários
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com