O toque de Joca

Publicado em Menu do Dia 19/02/2013 às 4:39
O toque de Joca

O CHEF Joca Pontes e os limões galegos, que figuram em uma das suas novas composições. As fotos são de Breno Rocha

O CHEF Joca Pontes e os limões galegos, que figuram em uma das suas novas composições. As fotos são de Breno Rocha

O CHEF Joca Pontes e os limões galegos, que figuram em uma das suas novas composições para o menu do Ponte Nova. As fotos são de Breno Rocha

Quis o destino que ele trocasse o surf pelas panelas. Ainda bem. A vocação de Joca Pontes, esse chef-empreendedor (sob sua tutela estão os La Vague, Villa e Ponte Nova) nasceu assim, meio por acaso, quando em Maracaípe, Litoral Sul de Pernambuco, decidiu entre uma onda e outra montar uma casa que servisse uma comidinha rápida, simples e saborosa, que fosse a cara da praia. E, nas horas vagas, preparar os crepes do então La Plage era sua missão e ganha pão. O negócio deu tão certo que logo virou queridinho do público. E Joca investiu no seu potencial. Fez curso na Escola Superior de Culinária de Paris e trouxe para o Recife a missão de construir uma cozinha autoral, com técnicas internacionais, mas com sotaque e sabores locais. Das três casas de Joca, é no Ponte Nova que os clientes podem encontrar o máximo de sua assinatura em alta gastronomia, com respeito irretocável à origem dos ingredientes e sem qualquer afetação cênica. Ali, o bonito aos olhos é também saboroso e carregado de tantos detalhes que não podem ser descritos em uma única garfada. O novo menu do Ponte Nova, lançado pouco antes do Carnaval, está aí (são 12 pratos novos, ao lado dos 21 já existentes), para ser descoberto pelos gourmets, agora que a folia passou e a vida parece voltar ao normal. Experimentamos alguns deles:

limao-galego-original

LIMÃO GALEGO Nesta entradinha, camarões grelhados na manteiga de manjericão sobre salada de acelga com pasta de peixe e maçã, finalizado ao ponzu de limão galego e picadinho de castanha de caju, em homenagem ao chef Saburó, do Quina do Futuro, e Biba Fernandes, do Chiwake

A TILÁPIA filé de tilápia grelhada ao molho agridoce de vegetais, purê wasabi com vagem macarrão na manteiga de alho e farofa crocante

A TILÁPIA Aqui, um alto filé de tilápia grelhada ao molho agridoce de vegetais (percebam a presença marcante da beterraba), vem acompanhado de purê wasabi (super sutil) com vagem macarrão na manteiga de alho e farofa crocante de pão

AMOSTRADA carne seca desfiada com lâminas de cebola roxa caramelada em agridoce de mel de engenho, pasta de jerimum com gengibre e tempurá de queijo coalho

AMOSTRADA Carne seca desfiada com lâminas de cebola roxa caramelada em agridoce de mel de engenho, pasta de jerimum com gengibre e tempurá de queijo coalho. Irresistível

PORCO PERFUMADO Cubinhos de porco confitados, salteados com cebola roxa e ervas frescas, flambados no conhaque, com toque de leite de coco, gengibre e limão galego, sobre a massa casareccia ao azeite de oliva. O prato é finalizado com poeira de bacon e lâminas de pimenta dedo-de-moça fritas

PORCO PERFUMADO Cubinhos de porco confitados, salteados com cebola roxa e ervas frescas, flambados no conhaque, com toque de leite de coco, gengibre e limão galego, sobre a massa casareccia ao azeite de oliva. O prato é finalizado com poeira de bacon e lâminas de pimenta dedo-de-moça fritas

LIMÃO GALEGO Nesta entradinha, camarões grelhados na manteiga de manjericão sobre salada de acelga com pasta de peixe e maçã, finalizado ao ponzu de limão galego e picadinho de castanha de caju, em homenagem ao chef Saburó, do Quina do Futuro, e Biba Fernandes, do Chiwake

REDES SOCIAIS No Ponte Nova, a fotografia do prato está liberada

SOBREMESA

SOBREMESA Ganache de chocolate meio amargo ao perfume de cachaça coberta com farofa de biscoito, caramelo de pitanga, madeleine de castanha de caju (homenagem a Jonatas Moreira) e sorvete de creme

BASTIDORES

BASTIDORES Equipe azeitada de Joca, que comanda tudo lá de dentro, pra nada sair errado à mesa

Compartilhe
Comentários
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com