13
maio

Mulher propõe forma hilária de resolver divórcio com ex-marido e post viraliza

13 / maio
Publicado por O Viral às 15:21

Divórcio é um momento difícil e, geralmente, muito íntimo entre duas pessoas. Não foi o caso de Cleusa e Denilson. Um post sobre a dificuldade para a separação acabou viralizando no Facebook e milhares de pessoas estão acompanhando todo o processo entre as duas figuras.

Entenda o que aconteceu: Cleusa postou um sua rede social um desabafo contra o marido. O motivo é que, segundo ela, os dois não vivem juntos há 25 anos e ele está com outra pessoa há 24. Apesar disso, Denilson, até hoje, não aceitou assinar o documento que marca o fim da união. Três reuniões com esse objetivo já foram marcadas, mas nenhuma obteve sucesso.

Cansada das idas e vindas, Cleusa disse achar a solução: ao voltar da viagem que está fazendo, vai se mudar para a casa de Denilson e de sua atual companheira. Ela afirma que a nova vida do casal será dormindo e comendo juntos, além de Denilson ficar responsável pelas contas dela.

Foto: Reprodução/Facebook

87 mil pessoas estarão na chegada de Cleusa

Claro que a internet não ia deixar barato. Por isso, um evento no Facebook foi criado para o acontecimento. Intitulado “CHEGADA DA CLEUSA DE MALA E CUIA”, marcado para o dia 19 de maio, quando ela chega de viagem, o evento já possui 87 mil pessoas confirmadas.

O evento está marcado na casa do Senhor Denilson, no dia 19 deste mês Foto: Reprodução/Facebook

Cleusa não esperava a repercussão, mas vendo tudo que estava acontecendo, fez questão de se pronunciar. Gravou um vídeo afirmando que Denilson não tinha se prontificado a assinar e, por isso, a sua chegada emblemática ainda está de pé.

“Ainda está de pé, não percam!” e “Chega dia 19” são alguns dos comentários em apoio ao evento. Os participantes estão combinando os comes e bebes do evento e ainda organizaram uma contagem regressiva para o dia em que Cleusa volta de viagem.

O tão esperado dia chegou

Logo no dia após a chegada de Cleusa, segunda-feira (20), em Jacarepaguá, na Zona Oeste do Rio de Janeiro, a situação se resolveu. A cabeleireira se vestiu de preto e foi de mala e cuia para o cartório. “Esse é o casamento que eu quero sepultar. Estou de preto, pois hoje é um dia fúnebre. Vinte cinco anos em dez minutos resolve”.

Para quem estava esperando Cleusa na porta da casa de Denilson, ela explica: “Não fui porque ele prometeu vir assinar. Se ele não tivesse vindo, sairia daqui direito para casa dele”, avisou.

LEIA MAIS

Médico mata ex-mulher e atualiza perfil do Facebook da vítima por sete meses para disfarçar o crime

Mulher agradece amor que namorada do ex-marido tem pela sua filha


Veja também