publicidade
11/11/20
Este ano, eleitor poderá acompanhar o resultado através do smartphone - Divulgação/TRE-RN
Este ano, eleitor poderá acompanhar o resultado através do smartphone - Divulgação/TRE-RN

Resultado das eleições 2020 poderá ser acompanhado por aplicativo

11 / nov
Publicado por Danielle Caroline Gomes de Santana em Smartphones às 16:42

A Justiça Eleitoral está disponibilizando dois aplicativos para os eleitores que desejam acompanhar os resultados das Eleições 2020. Através do aplicativo Resultados, será possível obter os resultados das eleições a partir do percentual de votos apurados. Já o Boletim na Mão permitirá que o cidadão obtenha uma cópia digital dos resultados das seções eleitorais.

Os dois aplicativos estão disponíveis tanto na Google Play quanto na App Store e podem ser instalados gratuitamente em qualquer dispositivo móvel. Saiba um pouco mais sobre como eles funcionarão no domingo (15):

App Resultados

Depois de instalar o aplicativo, o eleitor precisará informar o Estado e o município sobre o qual quer saber o resultado. Feito isso, o eleitor poderá consultar os resultados dos candidatos que estão concorrendo aos cargos de prefeito e de vereador na cidade selecionada. Os votos estarão disponíveis para o eleitor assim que forem totalizados pelo TSE.

Boletim na Mão

Através dele, o cidadão pode obter uma cópia digital dos resultados da seção eleitoral. Após o encerramento da votação, a urna imprime um relatório que contém o total de votos recebidos pelos candidatos e outras informações da seção. Esse relatório é chamado de Boletim de Urna (BU), cujo QRcode que pode ser lido pelo aplicativo Boletim na Mão, que guardará a imagem no próprio dispositivo móvel.

Para realizar a leitura da imagem (QRcode) impressa no Boletim de Urna, não é preciso conexão com a internet. A conexão será exigida apenas no momento de visualizar o primeiro conteúdo do boletim lido. Pelo aplicativo, o cidadão pode obter cópia de quantos boletins queira, bastando que realize a captura do código impresso nos BUs das seções eleitorais.


FECHAR