publicidade
06/08/20
Foto: AFP
Foto: AFP

Completando 15 anos no Brasil, Google revela pesquisa sobre o público

06 / ago
Publicado por Manuela Figueredo em INOVAÇÃO às 8:21

Completando 15 anos de história no Brasil em julho, o Google se destaca desde o lançamento mais antigo, a versão em português do YouTube em 2007, até o lançamento do Google Nest Mini, a caixa de som inteligente com Google Assistente integrado em 2019. Como forma de avaliar esse período de impacto, a empresa resolveu fazer uma pesquisa online com 1.100 brasileiros em parceria com a empresa Kantar. E o Brasil é um público importante. O país está entre os cinco principais mercados para cada um dos nove produtos do Google com mais de um bilhão de usuários: Busca, Android, Chrome, YouTube, Maps, Play Store, Fotos, Drive e Gmail.

Pesquisa

Para 81% dos entrevistados, o Google contribuiu positivamente para a sociedade nos últimos quinze anos. Segundo o levantamento inédito, os 5 produtos que mais ajudaram os brasileiros nesses 15 anos foram a Pesquisa do Google  e o Youtube, seguidos por Gmail, Chrome e Tradutor. Já no período da pandemia do coronavírus, outros produtos passaram a ajudar ainda mais os brasileiros no cotidiano de isolamento social. Por isso, alguns produtos tiveram um crescimento significativo: Google Meet ( 78%), o Google Duo (67%), e o Google Classroom (44%). Para 93% dos entrevistados, suas vidas melhoraram principalmente em relação a opções de entretenimento (música, filmes, vídeos, livros, exposições), desde que começaram a usar o Google. 64% dizem que os produtos do Google as ajudam a aproveitar a vida.

O primeiro lugar de destaque, sem dúvidas, vai para Pesquisa do Google: 97% dos entrevistados a considera útil e 83% dizem que ela melhorou muito suas vidas para resolver tarefas e encontrar informações. O Google Tradutor também tem lugar de destaque entre os produtos mais relevantes para o público brasileiro. Para 95% das pessoas entrevistadas, quando precisam traduzir algo, a primeira ação é usar a ferramenta. O levantamento da Kantar também nos mostrou que 86% dos entrevistados afirmam que um smartphone ou tablet com sistema Android é responsável pelo seu acesso à internet, enquanto cerca de 72% concordam que com o Google Play passaram a se conectar a serviços essenciais.

Comparativo entre os produtos mais usados no cotidiano e durante a pandemia do coronavírus. Foto: Reprodução/Google

Estudos e trabalho

A educação não ficou de fora também na pesquisa. Nove em cada dez brasileiros dizem que a empresa os ajuda a aprender sobre diversos assuntos. Oito em cada dez acreditam que o Google ajuda a complementar os estudos e/ou esclarecer as suas dúvidas e as dos filhos, e que a empresa torna a educação mais acessível e democrática. A forma em que isso acontece também foi um destaque para os respondentes: 79% acreditam que o Google torna a educação mais colaborativa e produtiva.

O levantamento da Kantar também revela que o universo do trabalho foi impactado pelos produtos e serviços do Google. Para 79% dos entrevistados, a marca tornou o trabalho mais colaborativo e produtivo, a mesma porcentagem dos que acreditam que Google ajuda as pessoas a aumentarem suas habilidades e melhorarem suas carreiras. Além disso, 85% das pessoas dizem que a empresa mostrou que é possível estudar ou trabalhar juntos mesmo à distância, algo que ganhou ainda mais força depois da pandemia.  Entre os produtos que ajudam no universo do trabalho, estão o Gmail, o Google Drive e o Google Meet. Cerca de 85% das pessoas acreditam que a produtividade e a colaboração aumentaram, durante a pandemia, com o uso dos três produtos.


FECHAR