publicidade
08/07/20
Foto: Divulgação/Espaço Ciência
Foto: Divulgação/Espaço Ciência

26ª edição da Feira de Ciências de Pernambuco será realizada a distância

08 / jul
Publicado por Manuela Figueredo em CIÊNCIA às 10:55

Em razão da pandemia do novo coronavírus, a 26ª edição da Ciência Jovem será realizada a distância. Organizada pelo Espaço Ciência, a Feira de Ciências pernambucana é uma das maiores e mais antigas do Brasil. O evento recebe, em média, 300 projetos de todos os estados do País e também do exterior. As inscrições têm início em agosto mas, desde abril, estão abertas as pré-inscrições de projetos. A pré-inscrição garante um ponto no resultado final e é uma forma de estimular a realização das pesquisas durante todo o ano letivo.

A decisão de realizar a Feira de Ciências – que esse ano aconteceria pela primeira vez no Museu Cais do Sertão -, através de ferramentas, foi provocada pela incerteza de quanto vai durar a pandemia do coronavírus. “Não sabemos como a estará a curva de contágio em novembro, ou se teremos alguma boa notícia em termos de avanços científicos para combater a doença. Mas não dava para esperar. Então optamos por garantir aos participantes toda segurança para apresentar seus projetos”, conta Eulália Almeida, da Coordenação da Feira.

Segundo Eulália, as ferramentas que serão utilizadas, assim como os formatos para apresentação e avaliação a distância ainda estão sendo pesquisados. “Queremos que não se perca a característica principal da Feira, de ser espaço de troca e de diálogos. Mesmo a distância, vamos garantir que as equipes possam interagir, tanto com os visitantes quanto entre eles”, comenta.

Para participar

Podem participar da feira escolas da Educação Infantil, Ensino Fundamental e Ensino Médio nas modalidades regular, educação especial e EJA, das redes pública e privada.  Cada escola participante pode concorrer com até dois projetos de alunos, em categorias diferentes. Para os projetos de alunos, são cinco categorias diferentes:  Iniciação à Pesquisa, voltada para os alunos da Educação Infantil e Ensino Fundamental (1º ao 5º ano); Divulgação Científica, dirigida ao Ensino Fundamental (6º ao 9º ano); Desenvolvimento Tecnológico e Incentivo à Pesquisa, para alunos do Ensino Médio; e Francis Dupuis, destinada aos alunos de outros países.

Já os projetos de professores, categoria Educação Científica, tem como objetivos incentivar a reflexão sobre o processo de ensino-aprendizagem e socializar experiências bem sucedidas. São aceitas inscrições com apenas um professor por projeto, em formato de relato reflexivo de experiência pedagógica.

Calendário

  • ABRIL a 31 DE JULHO: Pré-inscrição de projetos
  • AGOSTO (1 a 31): Inscrição de projetos
  • NOVEMBRO (11 a 13): 26ª CIÊNCIA JOVEM


FECHAR