publicidade
03/07/20
Cartaz sobre a proibição em Yamato. Foto: AFP
Cartaz sobre a proibição em Yamato. Foto: AFP

Andar sem digitar: cidade do Japão proíbe pedestres de usarem celulares enquanto circulam

03 / jul
Publicado por Manuela Figueredo em CONSUMO às 9:36

AFP

Um subúrbio de Tóquio impôs na quarta-feira (1) a primeira proibição do Japão a um hábito visto em todo o mundo: pedestres colados às telas de seus telefones enquanto caminhavam, às vezes perigosamente alheios ao ambiente. Os visitantes que chegavam à estação ferroviária na cidade de Yamato foram recebidos com faixas anunciando a nova proibição, que se aplica a todas as viagens a pé pelas ruas, praças e parques públicos do bairro.

“O uso de smartphones durante a caminhada é proibido. Por favor, opere seus smartphones depois de parar de andar”, alertou uma voz feminina gravada. Não há punição para aqueles que não conseguem se desvencilhar das telas nas ruas, mas o subúrbio de 240.000 quer usar a ordenança para destacar os perigos da rolagem enquanto passeia.

A medida incomum parecia ter amplo apoio de cidadãos jovens e idosos, com muito poucas pessoas nas ruas de Yamato sendo flagradas violando a nova regra. “Muitas vezes vejo pessoas usando celulares enquanto caminham. Elas não estão prestando atenção às coisas ao seu redor. As pessoas idosas podem não ser capazes de evitá-las”, disse Kenzo Mori, 64 anos.

“Usar um telefone celular é viciante … As pessoas parecem sentir que não conseguem parar de olhar para o celular e precisam se conectar com os amigos o tempo todo”, disse ele à AFP. A adolescente Arika Ina disse que costumava ver pessoas olhando para suas telas enquanto caminhava e acreditava que o hábito era perigoso. Mas ela disse que as pessoas deveriam andar por aí sem estarem escravizadas em seus telefones por uma questão de decência comum e questionou a necessidade de legislação.

“Acho que não precisamos de uma lei para bani-la. Você pode impedir que seja um pouco mais cuidadosa”, disse o jovem de 17 anos. Uma pesquisa da gigante japonesa de telefonia móvel NTT Docomo em 2014 descobriu que os pedestres perderam 95% de seu campo de visão enquanto olhavam para um smartphone.

A empresa executou uma simulação em computador do que aconteceria se 1.500 pessoas atravessassem a estrada fora da estação Shibuya, em Tóquio – a passagem de pedestres mais movimentada do mundo – enquanto olhavam simultaneamente para seus smartphones. Os resultados mostraram que dois terços não chegariam ao outro lado sem incidentes, com 446 colisões de pessoas e 103 pessoas sendo derrubadas.


FECHAR