publicidade
25/06/20
Mary W. Jackson foi a primeira engenheira aeroespacial negra contratada pela agência.
Mary W. Jackson foi a primeira engenheira aeroespacial negra contratada pela agência.

Sede da Nasa em Washington terá nome da sua primeira engenheira aeroespacial negra

25 / jun
Publicado por Larissa Lira em CIÊNCIA às 19:18

Mary W. Jackson foi a primeira engenheira aeroespacial negra contratada pela agência espacial dos Estados Unidos (Nasa), em 1951. Nessa quarta-feira (24), o administrador da Nasa, Jim Bridenstine, anunciou que o prédio da agência na cidade de Washington passará a ter o nome da cientista, em sua homenagem.

 “Mary W. Jackson fazia parte de um grupo de mulheres muito importantes que ajudaram a Nasa a colocar astronautas norte-americanos no espaço. Mary nunca aceitou o status quo, ela ajudou a quebrar barreiras e abrir oportunidades para afro-americanos e mulheres no campo da engenharia e tecnologia”, disse a administrador da Agência, Jim Bridenstine.

No ano passado, a Nasa renomeou sua sede em Fairmont, na Virginia Ocidental, em homenagem a outra cientista negra, a matemática Katherine Johnson, falecida em fevereiro deste ano. Também em 2019, depois de um projeto de lei, parte da rua em frente à sede da Nasa foi renomeada como Hidden Figures Way, em homenagem a Jackson, Johnson e Dorothy Vaughan, que também fez parte do grupo.

Mary W. Jackson iniciou sua carreira na Unidade de Computação da Área Oeste, uma parte do campus da Nasa que era segregada do Centro de Pesquisas Langley. Matemática e engenheira aeroespacial, ela liderou programas que influenciaram na contratação e promoção de mulheres nas carreiras de ciências, tecnologia, engenharia e matemática da agência. Ela faleceu em 2005, aos 83 anos, e foi premiada postumamente com a Medalha de Ouro do Congresso.

 


FECHAR