publicidade
19/06/20
Foto: Don Emmert / AFP
Foto: Don Emmert / AFP

Apple volta a fechar lojas nos Estados Unidos após aumento de casos do novo coronavírus

19 / jun
Publicado por Larissa Lira em Notícias às 19:27

Após reabrir quase 100 estabelecimentos, a Apple fechou 11 pontos de venda em quatro estados dos Estados Unidos devido a novos picos de casos do coronavírus no país. Os estabelecimentos são localizados nos estados do Arizona, Flórida, Carolina do Norte e Carolina do Sul.

A empresa começou a reabrir seus estabelecimentos em maio, após cerca de dois meses fechadas. Agora, poucas semanas depois, a Apple tornou a fechar algumas dessas lojas como precaução, já que as manifestações contra o racismo e a violência policial lotaram as ruas do país e multiplicaram os casos de coronavírus.

Nesta sexta-feira (19), a Flórida, por exemplo, registrou 3.822 novos casos e 43 novas mortes em 24 horas, o que aproxima o estado da marca de 90 mil infectados, com 89.748 contaminações e 3.104 óbitos no total. Já no Arizona houve um aumento de 7,5% dos novos casos nas últimas 24 horas, já que o estado registrou 3.426 infecções no período, para um total de 46.689. As mortes subiram para 1.312 com a soma dos 41 óbitos desta sexta-feira.

“Devido às condições atuais do covid-19 em algumas das comunidades que atendemos, estamos fechando temporariamente as lojas nessas áreas”, disse um porta-voz da Apple em comunicado. “Demos esse passo com muita cautela, pois monitoramos de perto a situação e esperamos ter nossas equipes e clientes de volta o mais rápido possível”, completou.

Ainda assim, há apenas dois dias, a Apple anunciou outra vez que reabriria mais 70 lojas em todo o país, inclusive em algumas das principais cidades, como Nova York.


FECHAR