publicidade
06/04/20
Foto: Reprodução/Google
Foto: Reprodução/Google

Doodle do Google faz homenagem aos profissionais e cientistas da saúde diante do coronavírus

06 / abr
Publicado por Manuela Figueredo em GOOGLE às 10:52

Nesta segunda-feira (6), o Google Doodle resolveu fazer uma homenagem a todos os técnicos que estão na linha de frente no combate ao coronavírus: a comunidade cientifica e os profissionais da saúde pública.

Esse tributo é o primeiro de muitas homenagens que o Google pretende fazer para os protagonistas dessa luta. “À medida que o COVID-19 continua a impactar comunidades em todo o mundo, as pessoas estão se unindo para ajudar umas às outras agora mais do que nunca. Nas próximas semanas, lançamos uma série Doodle para reconhecer e homenagear muitos dos que estão na linha de frente”, afirmou texto do Google.

Hoje, gostaríamos de dizer:

Atodos os trabalhadores da saúde pública e a pesquisadores da comunidade científica, obrigado.

Google

As homenagens também têm acontecido por aqueles que têm respeitado a quarentena em casa, além do Brasil, vários países como Espanha, Itália e Reino Unido, têm batido palmas das janelas e varadas, em um horário combinado e divulgado pelas redes sociais, para agradecer a todos os profissionais de saúde de seus respectivos países.

Saúde dos profissionais

Segundo o site Newsweek, já são mais de 100 médicos e enfermeiros em todo o mundo que perderam a vida enquanto tratavam pacientes. Na Itália, uma das nações mais atingidas do mundo, já foram mais de 66 óbitos de profissionais. Tanto a Itália quanto a Espanha viram mais de 9.000 trabalhadores médicos infectados. Na China, pelo menos 13 médicos morreram, incluindo o médico que tentou alertar sobre o surto de coronavírus, Li Wenliang, provocando grande repercussão no país.

No Brasil, também há casos de mortes de profissionais que trabalham com pacientes infectados. A morte da técnica de enfermagem Adelita Ribeiro, em Goiás, gerou muita comoção, por ela ser uma das  profissionais que participou da campanha pedindo para as pessoas ficarem em casa durante a pandemia do novo coronavírus. Além dela, em Pernambuco, um técnica de enfermagem morreu vítima de coronavírus e outra profissional tem óbito sob investigação.

O diretor executivo do Conselho Internacional de Enfermeiras, Howard Catton, falou sobre sua preocupação com esses profissionais. “Estamos preocupados há algumas semanas sobre quantas enfermeiras e outros profissionais de saúde foram infectados com o coronavírus. Enfermeiras em todo o mundo estão trabalhando sob extrema pressão por longas horas, sem pausas e sem dias de folga, e está cobrando seu preço “.

Ainda, o diretor acrescentou: “Não temos dúvidas de que a taxa de infecções está relacionada, em parte, à falta de equipamentos de proteção individual. Sabemos que há uma escassez global, mas os enfermeiros são a linha de frente, são heróis e devem ser protegidos se estiverem. para continuar com o trabalho único que eles estão salvando vidas “.

O que é coronavírus?

Coronavírus é uma família de vírus que causam infecções respiratórias. O novo agente do coronavírus foi descoberto em 31/12/19 após casos registrados na China.Os primeiros coronavírus humanos foram isolados pela primeira vez em 1937. No entanto, foi em 1965 que o vírus foi descrito como coronavírus, em decorrência do perfil na microscopia, parecendo uma coroa.

A maioria das pessoas se infecta com os coronavírus comuns ao longo da vida, sendo as crianças pequenas mais propensas a se infectarem com o tipo mais comum do vírus. Os coronavírus mais comuns que infectam humanos são o alpha coronavírus 229E e NL63 e beta coronavírus OC43, HKU1.

Como prevenir o coronavírus?

O Ministério da Saúde orienta cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o coronavírus. Entre as medidas estão:

  • Lavar as mãos frequentemente com água e sabonete por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização. Se não houver água e sabonete, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool.
  • Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas.
  • Evitar contato próximo com pessoas doentes.
  • Ficar em casa quando estiver doente.
  • Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo.
  • Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com freqüência.
  • Profissionais de saúde devem utilizar medidas de precaução padrão, de contato e de gotículas (mascára cirúrgica, luvas, avental não estéril e óculos de proteção).

Para a realização de procedimentos que gerem aerossolização de secreções respiratórias como intubação, aspiração de vias aéreas ou indução de escarro, deverá ser utilizado precaução por aerossóis, com uso de máscara N95.

Confira o passo a passo de como lavar as mãos de forma adequada


FECHAR