publicidade
12/02/20
O youtuber fez a 'brincadeira' com a própria mãe, com a ajuda do irmão - Foto: Reprodução | Instagram
O youtuber fez a 'brincadeira' com a própria mãe, com a ajuda do irmão - Foto: Reprodução | Instagram

‘Quebra-crânios’: youtuber faz desafio com a própria mãe, viraliza e depois pede desculpas

12 / fev
Publicado por Larissa Lira em INTERNET às 18:15

O youtuber Robson Calabianque, o Fuinha, de 23 anos, fez e compartilhou em suas redes sociais (TikTok e Instagram) uma ‘pegadinha’ muito perigosa: o desafio “Quebra-crânios”, também chamado de “desafio da rasteira”. Com 2 milhões de seguidores apenas no YouTube, Fuinha fez a ‘brincadeira’ com a mãe e contou com a ajuda do irmão.

O desafio consiste em três pessoas postados lado a lado, uma pessoa pula de cada vez. Quando a pessoa do meio (desavisada) está no ar recebe uma dupla rasteira, levando um tombo que, segundo especialistas, pode ser fatal. A divulgação do vídeo pelo youtuber não passou despercebida pelos usuários, que criticaram a sua irresponsabilidade de compartilhar algo tão perigoso.

Calabianqui retirou o vídeo do ar e se desculpou nas suas redes nas primeiras horas desta quarta-feira (12). “Parece engraçado, mas vocês sabem quem poderia ter perdido a mãe por causa dessa brincadeira?”, disse. Ele lamentou e confessou que estava muito arrependido. “Nunca imaginei que ele seria um vírus dessa proporção. Era para ser tão mais um meio de entretenimento na internet “, completou. Por fim, Robson concluiu que errou como influenciador e humorista.

Altamente perigoso

A ‘brincadeira’ tem viralizado na internet e vem preocupando os pais.  Em entrevista à TV Jornal, o médico ortopedista, Rodrigo Castro, alerta que a pancada pode causar problemas sérios de saúde e até levar à morte. “Isso não se trata de uma brincadeira, se trata de uma agressão física. O problema relacionado à queda é a dor muscular e a fratura”. Já em novembro do ano passado, no Rio Grande do Norte,  uma criança faleceu com um desafio parecido, mas que se chamava “Desafio da cadeira”.

>> Desafio pode causar fratura da coluna e até morte

 

#Eumeimportocomomeucolega

Preocupados com a propagação e periculosidade da ‘brincadeira’, um colégio de São Paulo fez um vídeo para conscientizar os alunos e as crianças de que a brincadeira causa danos graves à saúde, além de mostrar a importância de se preocupar e cuidar do colega. Iniciativa do bem que, esta sim, merece ser compartilhada. Assista:

Controle parental

Diante dessas brincadeiras que se espalham rapidamente e que, na maioria das vezes, são compartilhadas entre os youtubers e influencers é preciso redobrar o cuidado com o que às crianças e adolescentes assistem nas redes e quem elas seguem. Por isso, é necessário entender como fiscalizar e impor limites. São nessas situações que o controle parental se faz necessário. Veja dicas.

>> Saiba o que é e como funciona o Controle Parental


FECHAR