publicidade
28/01/20
A ideia é fazer o usuário usar menos o smartphone. Foto: Reprodução/Google
A ideia é fazer o usuário usar menos o smartphone. Foto: Reprodução/Google

Google cria uma ferramenta de papel para combater vício em celular

28 / jan
Publicado por Manuela Figueredo em Aplicativos às 11:37

Já aconteceu de você começar a mexer no celular e, depois de horas a fio, perceber que ainda estava completamente vidrado em algum aplicativo do aparelho? Esse é um problema comum na era digital, principalmente no Brasil que, levantamento do Senso Tower,  foi o terceiro País que mais passou tempo em apps, com média de três horas e 45 minutos diários por pessoa.

Felizmente, existem mecanismos para frear o vício. Um deles, bastante simples, foi criado recentemente pela Google. Trata-se de um envelope, no qual o celular fica armazenado e selado, impedindo a sua utilização normal. Ele precisa atuar juntamente com o aplicativo gratuito chamado ‘Envelope’ que, segundo a Google, é “um aplicativo experimental que transforma temporariamente seu telefone em um dispositivo mais simples e calmo, ajudando você a dar um tempo no mundo digital.”

Smartphone fica com aparência de um celular antigo, com poucas funções. Foto: Reprodução/Google

Com essa ação, o telefone torna-se menos interessante, já que permite apenas funções básicas que nem sempre consomem maior parte do uso do aparelho. Dessa forma, o envelope pode ajudar a reduzir o número de horas gastas ao longo do dia no smartphone.

Como usar

O aplicativo traz um arquivo em PDF que dará origem ao pacote e, após ser impresso, deve ser montado e recortado de acordo com as instruções. Depois que o usuário envelopa o aparelho e fecha com cola, basta ativar o aplicativo que ele assumirá o comando do dispositivo móvel.

Quando acoplado ao celular, é possível fazer ligações pelo teclado número desenhado em um dos lados do papel. As teclas permitem ligar para um número conhecido ou usar a função de discagem rápida para fazer uma chamada sem precisar digitar número por número, assim como em telefones antigos. Além disso, o envelope também oferece recortes ao redor da câmera e do flash do celular, na parte de trás, apenas dois botões para capturar fotos e gravar vídeos, que só podem ser vistos após a retirada do envelope. Além dessas duas funcionalidades, o aplicativo também permite informar as horas.

Como fica o envelope na parte de trás. Foto: Reprodução/Google

Outro fator interessante é que para voltar ao uso normal do aparelho é preciso rasgar e inutilizar o acessório, obrigando a montagem de uma nova unidade para voltar a guardar o smartphone. Por ora, essa funcionalidade é apenas compatível com o celular Pixel 3A, modelo que ainda não foi lançado no Brasil.

 

 

 


FECHAR