publicidade
07/01/20
Professor Matthew Hill, Dr. Mahdokht Shaibani e Professor Mainak Majumder no projeto da bateria de lítio-enxofre (Foto: Reprodução/monash)
Professor Matthew Hill, Dr. Mahdokht Shaibani e Professor Mainak Majumder no projeto da bateria de lítio-enxofre (Foto: Reprodução/monash)

Celular com bateria de até cinco dias? Parece sonho, mas não é!

07 / jan
Publicado por Larissa Lira em CIÊNCIA às 18:02

Ficar um dia com o celular sem precisar recarregar é o sonho de muitos usuários. Agora, graças a um projeto de pesquisadores da Universidade de Monash, na Austrália, esse sonho pode se concretizar e se tornar ainda melhor. Os cientistas desenvolveram uma bateria à base de lítio e enxofre que, utilizada em um celular, permite que o aparelho tenha energia não só para um dia, mas para até cinco.

A novidade não para por aí. A bateria também pode ser usada em carros elétricos e pode fazer com que ele tenha autonomia de até 997 quilômetros. De quebra, a tecnologia tem baixo custo e também é pouco agressiva para o meio ambiente, dois pontos importantes se lembrarmos o quão poluentes são os veículos abastecidos com combustíveis fósseis. O desafio agora, como pontua o Engadget, é transformar a bateria em produto e levá-la para o mercado.

Apesar do histórico mundial de fracassos em experimentos de desenvolvimento de baterias potentes, o caso do trabalho dos cientistas de Monash parece ter potencial para seguir um rumo diferente. O Instituto Fraunhofer, da Alemanha, já produz as baterias para testes, e devem começar a testar a tecnologia em veículos elétricos ainda em 2020, na Austrália.


FECHAR