publicidade
09/09/19
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

iPhone 11: o que esperar do evento da Apple nesta terça-feira

09 / set
Publicado por Jennifer Thalis em Smartphones às 12:29

Os usuários dos produtos da Apple estão com as expectativas lá em cima! Nesta terça-feira (10), às 14h, a empresa apresentará seu novo iPhone em um evento exclusivo. Há uma série de boatos e informações sobre o lançamento que, de acordo com fontes extraoficiais, terá modelos que substituirão os iPhones XS, XS Max e XR, revelados em 2018. As informações são do portal Tecmundo.

Uma das maiores novidades do Iphone 11 deverá ser a câmera traseira tripla. Como a Apple também produz outros aparelhos e dispositivos móveis, são esperadas novidades sobre Apple Watch, Apple TV, além dos novos softwares que foram anunciados pela empresa neste ano. Há a possibilidade, inclusive, de novidades com relação aos MacBooks.

Apesar disso, as maiores expectativas estão no iPhone 11 mesmo, que foi batizado assim pelos fãs, mas provavelmente não terá esse nome. O aparelho também deverá ter uma grande evolução em sua capacidade de processamento, além de maior rapidez.

O que sabemos sobre o Iphone?

Alguns rumores já podem ser considerados como confirmados. Um deles é que entre as câmeras traseiras haverá uma grande-angular de 12 megapixels da Sony. Será uma tecnologia revolucionária para fotografar ambientes e espaços mais abertos sem precisar se afastar.

Esses modelos de iPhone terão um recurso de moldura inteligente, que ajustará o enquadramento automaticamente. Já a câmera frontal do aparelho deverá ter a capacidade de gravar em câmera lenta em até 120 frames por segundo.
Outras mudanças devem incluir a evolução da identificação facial do usuário. Também uma tecnologia à prova d’água mais evoluída e um modelo mais resistente. Seu design não deverá sofrer grandes alterações. Já a parte interna poderá apresentar algumas mudanças significativas.

Sabe-se que o chip de processamento do novo iPhone será o A13, sucessor do A12 Bionic. Isso deve tornar o aparelho cerca de 12% mais rápido que os anteriores, sobretudo em tarefas individuais.


FECHAR