publicidade
02/07/19
Foto: AFP
Foto: AFP

Facebook toma medidas contra mensagens ‘sensacionalistas’ de saúde

02 / jul
Publicado por Maria Ligia em INTERNET às 19:03

AFP

O Facebook e o YouTube disseram nesta terça-feira que estão tentando reduzir a propagação de versões falsas sobre tratamentos de saúde, depois que relatos em meios de comunicação mostraram a proliferação em redes sociais de curas falsas para o câncer.

O Facebook disse que fez modificações em sua página de classificação de algoritmos para reduzir as “publicações com afirmações de saúde sensacionais ou exageradas” e tentativas de vender produtos baseados nessas mensagens. O YouTube indicou que estava realizando ações similares.

O Wall Street Journal publicou nesta terça uma matéria baseada em suas próprias investigações que mostra que prevalecem afirmações falsas no Facebook e YouTube, tais como o uso de injeções de bicarbonato para curar o câncer.

A publicação aponta que o Facebook e o Youtube, empresa do Google, esboçaram planos para frear a propagação de versões médicas falsas depois de que as descobertas da investigação foram apresentadas a eles.

O Facebook disse ter feito mudanças no mês passado como parte do esforço para reduzir a propagação de versões médicas enganosas, incluindo as de grupos que se opõem ao uso de vacinas recomendadas.

“Para ajudar as pessoas a obterem informações de saúde precisas e apoiar suas necessidades é imperativo que minimizemos os conteúdos de saúde sensacionalistas ou enganosos”, disse em uma publicação de blog Travis Yeh, gerente de produto do Facebook.

“Nós lidamos com isso de forma semelhante a como reduzimos anteriormente conteúdos de baixa qualidade como clickbaits: identificando frases que eram comumente usadas nesses posts para prever quais mensagens poderiam incluir afirmações sensacionalistas de saúde ou promoção de produtos com alegações relacionadas à saúde, e, em seguida, mostrando estes mais abaixo no feed de notícias”.


FECHAR