publicidade
05/12/18
O Yandex.Phone, apresentado em Moscou (Yuri KADOBNOV / AFP)
O Yandex.Phone, apresentado em Moscou (Yuri KADOBNOV / AFP)

Gigante digital russa quer conquistar mercado de smartphones

05 / dez
Publicado por Agence France-Presse em Smartphones às 15:26

Após manter o suspense por várias semanas, a gigante russa de novas tecnologias, Yandex, apresentou nesta quarta-feira (5), em Moscou, seu primeiro smartphone, muito esperado neste setor.

A criadora do motor de buscas dominante na Rússia e na esfera pós-soviética teve que diversificar suas iniciativas nos últimos anos para fazer frente à Google no setor da telefonia móvel. O primeiro smartphone Yandex, apresentado à imprensa nesta quarta, estará disponível a partir de quinta-feira na Rússia, na internet e em algumas redes de lojas de telefonia.

O aparelho vai custar 17.990 rublos (270 dólares) e funcionará com o sistema Android. Com design da Yandex, ele é fabricado na China. O ecossistema da Yandex – seus diversos aplicativos de pagamento, música, localização, táxi – estará pré-instalado no celular, que funcionará com a assistente virtual Alicia (“Alissa” em russo), dotada de inteligência artificial.

“No interior do smartphone, os aplicativos Yandex são apresentados sob a forma de um ecossistema com a Alicia no centro. Não é necessário abrir os aplicativos individualmente para ativá-los, basta pedir à Alicia”, afirmou Fiodor Yezhov, diretor da Yandex citado em comunicado.

“Nosso telefone representa acima de tudo a possibilidade de mostrar a todos os produtores russos que podemos fabricar um telefone do começo ao fim, com nossa interface e nosso ecossistema”, garantiu Yezhov à imprensa.

O diretor da Yandex, Fyodor Yezhov (Yuri KADOBNOV / AFP)

 – Nova etapa –

Para a Yandex, o lançamento de um smartphone representa um passo de gigante em seu desenvolvimento, para além dos programas.

Em 2013, foi lançado o primeiro smartphone de uma empresa russa, mas fabricado na China, que tinha a particularidade de ter duas telas, mas as vendas foram decepcionantes. Contudo, o smartphone russo será feito agora por uma empresa muito mais forte, cotada na Bolsa de Nova York, que conta com reconhecimento na Rússia e em outros países pós-soviéticos por sua criatividad.

“Não se trata de competir com a Apple ou a Samsung. Trata-se de fazer um produto de faixa intermediária, com preço moderado”, explicou à AFP Tom Morrod, diretor de estudos da firma IHS Markit. “Para todas as empresas que não produzem componentes na base, lançar um smartphone não serve para ganhar dinheiro, mas para fazer todo seu ecossistema digital decolar”. explicou Morrod.

Esse é o caso da Yandez, cujo smartphone já terá, de partida, todos os aplicativos do grupo.

– Nível intermediário –

“Se um único usuário usa todos os app da Yandex, isso permite estabelecer um perfil muito completo do indivíduo – o que come, assiste, escuta, como se desloca, etc. É assim que essas empresas ganham dinheiro”, afirmou Morrod.

“Sobre suas capacidades, trata-se de um smartphone completamente regular. Mas se levarmos em conta os serviçso oferecidos, é um produto interessante. Além disso, o preço será muito acessível e adequado ao mercado”, contou Konstantin Gagarin, chefe de redação do SuperG.ru, veículo especializado no setor tecnológico.

O Yandex.Phone é um produto de nível intermediário na Rússia, onde o preço médio de um smartphone é 15.000 rublos (224 dólares), segundo a agência de imprensa russa Ria Novosti. A Yandez e sua principal concorrente russa, a Mail.ru, dona do “Facebook ruso” VKontakte, disputam atualmente o setor de comércio digital, que atualmente vive um “boom” no país.


FECHAR