publicidade
09/03/18
Cidade sedia um dos mais importantes fetivais de mídia e tecnologia do mundo, o SXSW
Cidade sedia um dos mais importantes fetivais de mídia e tecnologia do mundo, o SXSW

Quem são os brasileiros no festival de inovação SXSW

09 / mar
Publicado por Maria Luiza em INOVAÇÃO às 17:24

De fabricante de bolsas ecológicas a indústria de cosméticos de alta tecnologia. De chatbots a sistemas de bilhetagem eletrônica. De fábrica de óculos de realidade virtual a realizadores de audiovisual. Eclético assim é o grupo de 77 empresas e artistas brasileiros que estão participando do festival de economia criativa, inovação e tecnologia South By SouthWest, o SXSW, realizado em Austin, no Texas, desta sexta-feira (14) até o dia 18.

A expectativa é de que essa seja a segunda maior delegação internacional do festival, atrás só do Reino Unido. O grupo tem o apoio da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) e, dependo do estágio de internacionalização de cada negócio, vai participar de rodadas, visitas técnicas e ações de networking. Quinze delas ainda estarão presentes no trade show, feira de negócios do evento.

“Desde 2014 a Apex apoia a ida de empresas para o SXSW. Mas este será um ano de participação recorde do Brasil”, explica a diretora de negócios da Agência de Promoção de Exportações, Márcia Nejaim. A delegação inclui empresas nos setores de tecnologia, audiovisual, música, moda, máquinas e equipamentos, artes, saúde e alimentos e bebidas, vindas de 12 Estados e do distrito federal. E também há espaço para artistas como o grafiteiro Kobra, convidado pela Apex para fazer um mural na churrascaria Fogo de Chão de Austin, uma espécie de quartel-general para as ações brasileiras no evento.

De bolsas a realidade virtual

Ateliê Volta fabrica bolsas com pedaços de couro e já tem pontos de venda nos EUA

Entre os vários participantes, Nejaim cita, por exemplo, o ateliê Volta, que produz bolsas com aparas de couro. Esteve no ano passado (quando se chamava Mole Bags) e depois do SXSW abriu nove pontos de venda nos Estados Unidos. Volta agora, madura como exportadora, com expectativa de fazer ainda mais negócios. Já participou até da semana de moda de Nova York. Também dessa área é a baiana MovPack, que criou uma mochila integrada com um skate, registrou a patente em 2013 no Brasil, Eua e Austrália e, em 2014 lançou um projeto de crowdfunding para captar US$ 50 mil em investimentos. Captou US$ 250 mil. Segue fabricando e distribuindo o projeto por e-commerce.

Na área de audivisual, uma empresa bastante internacional é a O2, empresa do cineasta Fernando Meirelles (Cidade de Deus, O Jardineiro Fiel, Ensaio sobre a Cegueira…). Há vários anos a O2 participa do festival e tem investido em realidade virtual (VR, das iniciais em inglês) por influência das tendências apontadas em eventos passados.

Produtoras aliás, estão entre as que mais se beneficiam de um festival desse tipo, que reúne tecnologia, cinema e música. A Duo 2, que trabalha com conteúdo para cinema e TV, VR e projeção mapeada, está indo pelo segundo ano seguido. No ano passado eles apresentaram o projeto de um documentário sobre os habitantes da floresta amazônica que está sendo associado a uma plataforma de realidade virtual, a um aplicativo, a um site de e-commerce para venda de produtos extrativistas e até a um jogo com Realidade Aumentada relacionado à sustentabilidade. “Estávamos atrás de um selo que pudesse credenciar nosso projeto e conseguimos isso no SXSW, com a Rainforest Partnership. Eles vão nos oferecer a tradução do documentário para inglês, francês e espanhol e nos ajudarão em conexões e na busca de investimentos para finalizar o material”, relata Rafa Calil, diretor da empresa.

Produtora conseguiu um parceiro internacional para o projeto sobre a Amazônia

 

E há os que vão pela primeira vez, em busca de networking e ser impactado pelas novas tecnologias. A pernambucana Urso Filmes é uma delas. O produtor Felipe Setti embarcou para Austin na última quarta bastante empolgado. “Enfrentamos grandes mudanças. Eventos desse tipo lançam tendências, apresentam as últimas tecnologias”, diz. A Urso Filmes fez sua primeira incursão internacional com o documentário “On Yoga: Arquitetura da Paz”. Sua ideia é ampliar esse braço no exterior e investir em realidade virtual.

Austin recebe festival SXSW até o dia 18 de março

O Sistema Jornal do Commercio estará na SXSW a convite da Apex-Brasil


FECHAR