publicidade
08/10/14

Nobel de Química para dois americanos e um alemão por microscópio de alta resolução

08 / out
Publicado por Letícia Saturnino em CIÊNCIA às 11:15

Foto: AFP.
Eric Betzig, William Moerner e Stefan Hell saíram vencedores. (Foto: AFP).

O prêmio Nobel de Química de 2014 foi concedido a dois americanos, Eric Betzig e William Moerner, e a um alemão, Stefan Hell, por trabalhos para superar as limitações do microscópio óptico.

LEIA MAIS
Nobel de Física vai para invenção do LED

Os três cientistas recebem o prêmio pelo “desenvolvimento da microscopia de fluorescência de alta resolução”, a chamada nanoscopia, anunciou o júri. Seus trabalhos permitem agora aos cientistas “observar o interior das moléculas individuais dentro das células vivas”.

Durante muitos anos era impossível estudar os menores detalhes das células vivas. Os premiados desenvolveram dois métodos para aperfeiçoar a resolução. Stefan Hell, de 51 anos, desenvolveu a microscopia de alta resolução chamada STED (Stimulated Emission Depletion). Eric Betzig, 54 anos, e William Moerner, de 61, criaram, cada um de maneira separada, a microscopia monomolecular (“single-molecule microscopy”).

As inovações ajudam a compreender doenças como o Mal de Parkinson, Alzheimer e Huntington. Os vencedores receberão o prêmio em 10 de dezembro em Estocolmo. Eles dividirão oito milhões de coroas suecas (1,1 milhão de dólares). [Da AFP]


FECHAR