publicidade
26/07/14

“A mudança é a nossa era”, afirma Dado Schneider em palestra inusitada

26 / jul
Publicado por em Campus Party às 18:03

(Foto: Mayra Cavalcanti)
(Foto: Mayra Cavalcanti)

logo campus party

Uma palestra sem palavras. Isto mesmo. 30 minutos de palestra em puro silêncio. Quer dizer, apenas ao som da trilha sonora escolhida por Dado Schneider, pesquisador das gerações Y e Z. Mas sem discurso falado. Somente uma tela passando um texto que abordava muitas coisas: o mercado, as mudanças ao longo das gerações e o impacto disso na vida das pessoas. Tudo isto ao som de Sepultura, Alicia Keys, Eminen, David Guetta e outros artistas famosos do século XXI.

A palestra mais inusitada do palco principal da Campus Party Recife (CPRecife3) foi dividida em duas partes: a muda e a falada. No segundo momento, Dado fez questão de contar um pouco de sua experiência como uma pessoa que nasceu no século passado e de como ele interpreta as novas tecnologias, as novas formas de se comunicar e, principalmente, de vender produtos. Para ele, suas palestras podem ser consideradas desmotivacionais, porque falam da realidade.

“A verdade é que não estamos preparados para mudanças, mas a gente tem que se adaptar. Não importa se gostamos ou não delas, temos que sobreviver e viver num mundo de mudanças”, disse. Dado também falou um pouco do perfil profissional que os campuseiros devem buscar. “O mercado procura gente que conheça de tudo um pouco e muito de algumas coisas. Então, é importante sempre estar antenado, ler muito os noticiários. A gente não vive a era da mudança, a mudança é a nossa era”, completou.

Para Dado, o que diferencia os séculos XX e XXI é que o primeiro era uma época em que as pessoas estabeleciam vínculos, enquanto o século XXI é a era do ficar. “Antigamente íamos a uma loja e comprávamos sempre nela, com o mesmo vendedor. Existia uma relação de fidelidade no mercado. Atualmente, são muitas opções e ser fiel a uma marca é muito difícil”, comentou.

Dado também falou da publicidade e do marketing digital. “O primeiro fala para o público. Já o segundo, com o público, o que é mais importante para o mercado”. A programação oficial da CPRecife3 tem fim às 19h, com a cerimônia de encerramento, mas os campuseiros poderão permanecer no pavilhão do Centro de Convenções, em Olinda, até as 12h de amanhã.


FECHAR