publicidade
10/06/21
Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado
Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado

CPI aprova transferência de sigilo fiscal e bancário da ‘Associação Dignidade Médica de Pernambuco’, que defende medicamentos ineficazes contra Covid

10 / jun
Publicado por José Matheus Santos em Notícias às 11:31

A CPI da Covid-19 no Senado aprovou, nesta quinta-feira (10), a transferência de sigilo fiscal e bancário da Associação Dignidade Médica de Pernambuco, que defende o uso de medicamentos comprovadamente ineficazes contra a doença.

O requerimento é de autoria do senador Humberto Costa (PT-PE) e teve votos contrários dos senadores Marcos Rogério (DEM-RO) e Luiz Carlos Heinze (PP-RS).

De acordo com o requerimento, a associação defende tratamentos com medicamentos comprovadamente ineficazes contra a covid-19.

“A Associação Dignidade Médica de Pernambuco é a face formal do Movimento Médicos pela Vida, que vem assumindo como sua uma campanha em favor de tratamentos inúteis e dispendiosos (dos recursos, do tempo e das estruturas administrativas do estado nacional), e colocou em questão as medidas universalmente adotadas pelos estados e governos que respeitam a ciência, e cabe-nos esclarecer quais as fontes materiais dessas campanhas que operam objetivamente contra a saúde pública”, justificou o senador Humberto Costa no requerimento.

A Comissão Parlamentar de Inquérito aprovou o pedido de transferência ao colegiado do sigilo fiscal, de 1º de janeiro de 2020 até o presente momento, com dados como declaração de imposto de renda de pessoa física ou pessoa jurídica da associação, cadastro de Pessoa Física, cadastro de Pessoa Jurídica, Ação Fiscal e rendimentos recebidos.

Além disso, foi aprovada a transferência do sigilo bancário, de 1º de janeiro de 2020 até atualmente, de todas as contas de depósitos, contas de poupança, contas de investimento e outros bens, direitos e valores mantidos em Instituições Financeiras da Associação Dignidade Médica de Pernambuco.


FECHAR