publicidade
05/05/21
Foto: Hélia Scheppa/Governo de Pernambuco
Foto: Hélia Scheppa/Governo de Pernambuco

Com piora dos indicadores da covid-19, expectativa é por decisão do Governo de Pernambuco sobre funcionamento de serviços a partir de segunda

05 / maio
Publicado por José Matheus Santos em Notícias às 13:22

Atualização: Paulo Câmara prorroga restrições até o dia 24 de maio em Pernambuco

A piora dos indicadores da covid-19 em Pernambuco ocorre em meio à expectativa pela decisão do Governo de Pernambuco sobre como será o funcionamento das atividades econômicas a partir da segunda-feira (10).

A decisão do Estado será anunciada até sexta-feira (07). As atuais medidas em vigor valem até o próximo domingo (09).

Em aceno ao setor econômico, o Governo de Pernambuco anunciou, nesta terça, a ampliação do horário de funcionamento do comércio de bairro, de centro e dos shoppings para as compras do Dia das Mães entre sexta (7) e domingo (9).

Nesse período, os estabelecimentos poderão funcionar das 8h às 20h nos dias 7 e 8 de maio (sexta-feira e sábado) e das 8h às 18h no dia 9 de maio (domingo). Para os três dias, a capacidade é limitada a um cliente a cada 10 metros quadrados em áreas de circulação e um cliente a cada 5 metros quadrados em área interna de loja.

LEIA TAMBÉM:
> Com agravamento da pandemia, Recife teve mais registros de óbitos do que nascimentos em abril pelo segundo mês seguido, apontam cartórios

Há seis dias com alta na média móvel de mortes por covid-19, Pernambuco segue como o único estado do Brasil com alta no indicador, de acordo com dados do consórcio de veículos de imprensa.

Com a tendência de alta, a expectativa é se o governador Paulo Câmara (PSB) retomará ou não restrições e se reduzirá as flexibilizações do atual decreto. Em março, ele havia retomado as restrições quando houve piora, mas a partir de 1º de abril retomou as liberações às atividades econômicas e com a abertura de praias e parques.

Desde o dia 26 de abril, o comércio de praia está liberado para funcionar de segunda a sexta-feira. Aos finais de semana, a atividade está proibida. Já a realização de eventos está proibida todos os dias.

No dia 22 de abril, Paulo Câmara disse que o Comitê de Enfrentamento à Covid-19 vai avaliar a necessidade de novos ajustes para o período a partir de 10 de maio, conforme os indicadores da doença no estado.

“Seguimos contando com a compreensão de toda a população pernambucana. É nosso dever manter as atitudes preventivas. Evite aglomerações, higienize as mãos e sempre use máscara”, disse o governador, em apelo à população naquele dia.

LEIA TAMBÉM:
> Em Paulista, prefeito Yves Ribeiro promete homenagem a Gil, eliminado do BBB 21: ‘divulgou muito a cidade’
> João Campos lança agência online de empregos para receber currículos e abre mais 1.500 vagas no Crédito Popular do Recife
> Olinda começa a pagar auxílio emergencial ao setor cultural

Indicadores

A Secretaria de Saúde de Pernambuco registrou, nesta quarta-feira (05), 2.143 novos casos e mais 54 mortes por covid-19.

O estado totaliza 414.929 casos confirmados e 14.333 mortes pela covid-19.

Nesta terça (04), a taxa de ocupação de leitos de terapia intensiva (UTI) para covid-19 estava em 96% na saúde pública do estado. Na rede privada, o índice estava em 91%.

A média móvel de mortes por covid-19 fechou a terça (04) em alta em Pernambuco: 74 por dia. E a média móvel de casos da doença estava em 1.907 por dia.

Atuais medidas

Em pronunciamento divulgado no dia 22 de abril, o governador Paulo Câmara anunciou que as atuais medidas de funcionamento das atividades econômicas em Pernambuco seguiriam de 26 de abril até o dia 9 de maio, com alguns ajustes.

“Vamos autorizar o comércio de praia, de segunda à sexta-feira, das 9h às 16h, mantendo a proibição nos finais de semana. O funcionamento das atividades de maneira geral será estendido, nos finais de semana, até às 18h, para quem iniciar às 10h. Os estabelecimentos que abrirem às 9h só poderão funcionar até às 17h”, afirmou Paulo Câmara na ocasião.

Assista ao pronunciamento do governador em 22 de abril

“Os números das últimas três semanas indicam uma estabilização de casos, internações e óbitos devido ao novo coronavírus em Pernambuco, mas com percentuais ainda em um patamar alto”, afirmou o Governo do Estado em 22 de abril.

Nos municípios situados fora da Região Metropolitana do Recife, os horários de funcionamento das atividades econômicas podem ser alterados pelo prefeito para atender as peculiaridades da cidade, desde que o funcionamento diário das atividades seja de, no máximo, a dez horas contínuas nos dias de semana e oito horas contínuas nos finais de semana e feriados.

Com isso, nas cidades do interior, a abertura dos estabelecimentos não deve ocorrer antes das 5h nos dias de semana e das 6h nos finais de semana e feriados e o encerramento das atividades deve ocorrer até as 20h nos dias de semana e até as 18h nos finais de semana e feriados.

Confira as regras abaixo


FECHAR