publicidade
20/04/21
Foto: Leo Motta/JC Imagem
Foto: Leo Motta/JC Imagem

PT estadual formaliza diretriz que fala em aliança com Frente Popular, do PSB

20 / abr
Publicado por jamildo em Notícias às 21:40

No começo do mês, o blog revelou com exclusividade que Lula e Paulo Câmara debateram eleições 2022 em conferência virtual com cúpula do PT e PSB.

Nesta terça-feira, a reaproximação avançou mais um pouco.

Segundo apurou o Blog, a nota foi articulada pelo grupo liderado pelo senador Humberto Costa e pelo ex-deputado Oscar Barretto, próximo ao PSB.

A reunião foi tensa entre as diferentes alas do partido, com discussão sobre se deveria haver citação explícita à Frente Popular.Teve.

“… o PT de Pernambuco envidará todos os esforços para construir um caminho coerente com essa orientação e com os interesses do Partido no Estado. Aguardaremos assim a abertura formal das discussões sobre as táticas a serem adotadas nos Estados, quando então definiremos o posicionamento do Partido em Pernambuco: alianças com outras forças (entre estas, a Frente Popular de Pernambuco) e indicação de nomes para eventuais composições majoritárias, ou a apresentação de candidatura ao governo do Estado. Até lá, vale destacar, eventuais lançamentos de nomes a esses postos refletem tão somente manifestações de ordem individual sem qualquer respaldo da instância estadual do Partido”, afirmou o partido, nesta terça-feira.

A nota oficial do partido apresenta a justificativa para a nova diretriz.

“Em 28 de março de 2021, o Diretório Estadual do Partido dos Trabalhadores e das Trabalhadoras aprovou uma resolução deliberando que o caminho a ser seguido para a disputa eleitoral de 2022 será definido em conjunto com a Direção Nacional do Partido, que tem como foco central derrotar Bolsonaro e seus aliados, autores do genocídio em curso e responsáveis pela tragédia sanitária e pelas investidas cotidianas contra a democracia e contra os direitos da classe trabalhadora. Para vencer esses desafios temos plena sintonia com a orientação nacional de que é necessário buscar construir o maior número possível de alianças das forças progressistas nos Estados, objetivo que, como é natural, coloca Pernambuco no centro desse debate com o protagonismo que sempre teve no País”.


FECHAR