publicidade
18/04/21
Foto: Reprodução/TV Jornal
Foto: Reprodução/TV Jornal

Sinpol lamenta morte de delegado baleado no Agreste e cobra melhores condições de trabalho à Polícia Civil

18 / abr
Publicado por José Matheus Santos em Notícias às 8:20

O Sindicato dos Policiais Civis de Pernambuco (Sinpol) lamentou, por meio de nota, a morte do delegado Anderson Liberato, de 32 anos, que foi recebido com tiros ao cumprir um mandado de prisão em Jataúba, no Agreste de Pernambuco, neste sábado (17).

“É com profundo pesar e tristeza que a direção do SINPOL PE lamenta o falecimento neste sábado, 17/04, do delegado da Polícia Civil de Pernambuco, Flávio Anderson Liberato Alves do Nascimento, de  32 anos, titular da delegacia de Brejo da Madre de Deus, no Agreste do Estado”, afirma o Sinpol em nota.

> Delegado de Brejo da Madre de Deus morre após ser atingido por disparos de arma de fogo
> Suspeito de matar delegado é assassinado dentro de ambulância do Samu, em Caruaru

Anderson Liberato chegou a ser socorrido para a Unidade Mista Ana Argemira Correia, em Jataúba, mas não resistiu aos ferimentos, que foram causados por três disparos de arma de fogo.

“Ele foi à cidade de Jataúba com a equipe da delegacia de Brejo da Madre de Deus para cumprir mandados de prisão contra uma mulher e um homem acusados de homicídio, e ao chegar no local, foram recebidos com vários tiros, onde três atingiram o Delegado, que foi socorrido, mas infelizmente não resistiu”, acrescenta o sindicato.

“Por isso, o SINPOL cobra, constantemente,  investimentos nos policiais civis, tanto em equipamentos, quanto em condições de trabalho. Lamentavelmente,  é mais um colega Policial Civil que tomba durante sua missão. Nossas sinceras condolências à todos os familiares e amigos. Sindicato dos Policiais Civis de Pernambuco”, conclui o Sinpol.

De acordo com a Polícia Civil, o suspeito atirou contra o delegado e, em seguida, foi baleado pelos policiais. “O casal foi preso pelo crime anterior [homicídio] e também pelo homicídio do policial civil [delegado Anderson Liberato] e tentativa de homicídio dos policiais da equipe”, conforme informou a polícia.

Como também foi baleado, o suspeito que atirou em Anderson Liberato foi socorrido, mas na noite do sábado ele foi morto a tiros a caminho do Hospital Regional do Agreste, dentro de uma ambulância do Samu, em Caruaru.


FECHAR