publicidade
11/04/21
Jorge Paulo Lemann
Jorge Paulo Lemann

Grupo carioca já seleciona professores para nova escola no Recife. Veja como

11 / abr
Publicado por jamildo em Notícias às 11:25

Depois que o blog revelou, na sexta-feira, que o grupo nacional carioca está investindo na abertura de uma nova escola no Recife, em novembro, eventuais interessados em tornar-se colaboradores do projeto perguntaram onde poderiam se inscrever.

Os interessados em posições para a nova escola no Recife podem cadastrar o CV neste site.

Grupo nacional carioca abre escola no Recife, em novembro

A nova escola faz parte do maior grupo de educação do país, o Eleva Educação, liderado pelo empresário Jorge Paulo Lemann, que poderá fechar o ano com receita próxima de R$ 1.9 bilhão. Em 2019, a Escola Eleva conquistou o top 50 Brasil no ENEM.

Será a quarta unidade da rede, se somando a outras duas no Rio de Janeiro e uma em Brasília.

> Prefeitura de Olinda abre seleção com mais de 200 vagas e salários que passam de R$ 2,1 mil

Sem alarde, mais de 500 famílias já registraram seu interesse na nova unidade da Escola Eleva em Recife no processo de admissão de alunos para o ano letivo de 2022.

No evento online de lançamento da Escola Eleva Recife, participaram 220 famílias que acompanharam a apresentação da pernambucana Duda Falcão, CEO do Eleva Educação, e Mario Cohen, diretor pedagógico das Escolas Eleva.

Professor da UFPE entrega cargo após ter sido censurado ao fazer críticas a Bolsonaro

UFPE responde a professor que entregou cargo após ter sido censurado

Da educação infantil ao ensino médio

A escola está localizada em uma área de 9.600 m² em Boa Viagem e se prepara para receber mais de 1.000 crianças e jovens da Educação Infantil ao Ensino Médio. Toda infraestrutura foi planejada pelo arquiteto Miguel Pinto Guimarães para gerar um ecossistema de aprendizagem. A área, às margens da Rua D. João VI, a do Canal do Jordão, fica próxima do Shopping Center Recife.

De acordo com o grupo, práticas sustentáveis que estão sendo aplicadas na construção do campus serão mais uma ferramenta de ensino. Placas solares, brinquedos feitos de madeira de reflorestamento, coleta e reuso de águas pluviais são alguns dos recursos que serão parte do dia a dia e aprendizado dos alunos. A construção está sendo feita pelo Grupo JCPM.

A escola tem proposta pedagógica baseada em cultura brasileira e cidadania global, funciona em regime integral e terá ensino bilíngue.

Outras notícias do blog

Mais de 70% das indústrias enfrentam dificuldades em obter insumos e matérias-primas

Fernando Bezerra Coelho acha CPI da Covid inoportuna

Governo Paulo Câmara vai investir R$ 3 milhões no Aeroporto de Araripina

Opinião: Aquisição de vacinas contra coronavírus por empresas e associações não prejudica o SUS

Opinião: Armando Monteiro é contrário à compra de vacina contra Covid pela iniciativa privada


FECHAR