publicidade
08/04/21
Foto: Leo Motta/JC Imagem
Foto: Leo Motta/JC Imagem

Pagos pelo Governo de Pernambuco, leitos de UTI para covid-19 em Juazeiro poderão ter atendimentos de moradores da Bahia

08 / abr
Publicado por José Matheus Santos em Notícias às 8:51

No início da semana, o Blog revelou que o Governo de Pernambuco pretendia gastar até R$ 317 milhões em leitos para covid-19 na rede particular de hospitais, inclusive de UTI (Unidade de Terapia Intensiva). A contratação foi anunciada através de dispensa emergencial (Processo 0045/2021).

Várias contratações de hospitais localizados em Pernambuco, por dispensa de licitação, já começaram a ser efetivadas, conforme uma série de publicações no Diário Oficial do Estado.

Inclusive, o Governo de Pernambuco publicou dispensa de licitação com um hospital privado localizado no estado da Bahia. Está sendo contratado o Hospital Pro Matre, por R$ 882 mil. O estabelecimento fica na cidade de Juazeiro, na Bahia, próxima a Petrolina, no Sertão de Pernambuco.

Serão 10 vagas de UTIs na cidade da Bahia financiadas com recursos do estado de Pernambuco.

Questionada pelo Blog, a Secretaria de Saúde de Pernambuco informou que residentes no estado da Bahia também poderão ser atendidos nestas 10 vagas de UTI custeadas em hospital particular pelo estado de Pernambuco.

A reportagem questionou se seria feito algum tipo controle de que os pacientes atendidos nestas UTIs pagas pelo Governo do Pernambuco seriam residentes no estado. O governo respondeu que não haverá nenhuma exclusividade para pacientes pernambucanos. Segundo a gestão estadual, o “SUS é universal”. Os leitos já estão ativos, conforme informa o Governo de Pernambuco.

Em contrapartida, não há informação oficial, até agora, de que o estado da Bahia financie UTIs no território do Estado de Pernambuco, para atender pacientes pernambucanos.

Veja as manifestações da Secretaria de Saúde de Pernambuco

“No esforço para ampliar a rede de assistência para os casos suspeitos e confirmados da Covid-19, o Governo de Pernambuco vem realizando o maior esforço para mobilização de leitos, insumos e recursos humanos da história da Saúde Pública. Desta forma, a Secretaria Estadual de Saúde, ratificando o compromisso de oferecer assistência à população, está abrindo leitos onde há capacidade operativa e logística para encaminhamento dos pacientes, mesmo ultrapassando os limites geográficos do território pernambucano.

Pernambuco totaliza, hoje, 2.788 leitos dedicados aos usuários do SUS que apresentam a Síndrome Respiratória Aguda Grave (Srag), sendo 1.568 de UTI. De março até agora, a rede estadual foi incrementada com 530 leitos de UTI dedicados aos pacientes com a Covid-19 – este número é quase 9 vezes maior que capacidade instalada de terapia intensiva do Hospital da Restauração – um dos maiores do SUS no país e a maior emergência pública do Norte e Nordeste.”

“A Rede Interestadual de Saúde do Vale do Médio São Francisco Pernambuco-Bahia, Rede PEBA, é um produto da articulação entre pessoas, ações e serviços de saúde, sobretudo de urgência e emergência, entre os 53 municípios integrantes das Regiões de Salgueiro, Petrolina e Ouricuri (IV Macrorregião de Pernambuco) e as Regiões de Paulo Afonso, Juazeiro e Senhor do Bonfim (Macrorregião Norte da Bahia).

Os municípios sedes dessas regiões são Petrolina-PE e Juazeiro-BA. A população total da Rede PEBA está estimada em 2.082.092 habitantes. A Rede PEBA dispõe de serviços organizados de média e alta complexidade hospitalar de forma a racionalizar e a otimizar a utilização de recursos, constituindo assim referência interestadual, pioneira no Brasil.”


FECHAR