publicidade
27/02/21

Arthur Lira promete chamar governadores para debater pandemia, após Bolsonaro ameaçar cortar auxílio para estados que decretaram restrições

27 / fev
Publicado por jamildo em Notícias às 11:18

O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira, fez um gesto com os governadores dos Estados, pressionados pela falta de vacinas e pelo avanço da pandemia, que vem recrudescendo no Brasil.

“Com o recrudescimento e nova onda da pandemia, quero chamar todos os governadores para contribuírem com sugestões na formulação do orçamento geral da União, informou.

“Também ouvirei os governadores sobre sugestões legislativas emergenciais para tramitarem em caráter de urgência que possam ser adotadas, respeitando o teto fiscal, com o objetivo de enfrentar os efeitos da Covid 19”.

“Neste momento em que inúmeros governadores estão tendo que tomar a difícil decisão do lockdown, é hora de contribuir, buscando novas alternativas e novas vias legais para, juntos, mitigarmos essa crise.”

“Pretendo fazer uma teleconferência com os governadores nesta semana, junto com o relator Márcio Bittar e a presidente da CMO, Flavia Arruda, para ouvir como o orçamento pode ajudar na superação da pandemia”.

O Brasil teve nesta sexta seu terceiro dia consecutivo com recorde diário de mortes por covid-19, na média móvel de sete dias, de acordo com o painel Monitora Covid da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). Foi registrada nesta sexta-feira (26) a média móvel de 1.152 óbitos, maior número desde o início da pandemia, acima dos 1.148 do dia anterior e dos 1.123 de quarta-feira (24).

A média móvel de mortes de ontem é 8,2% maior do que 14 dias antes (1.065 óbitos) e 9,2% superior ao total de um mês antes (1.055).

Os casos, também segundo a média móvel de sete dias, chegaram a 53.422 por dia, 17,5% acima do número de 14 dias antes (45.470) e 4% acima dos casos diários de um mês antes (51.356). Os números são da Agência Brasil.


FECHAR