publicidade
25/02/21

Clarissa Tércio sai em defesa das igrejas e critica novo decreto do Governo do Estado

25 / fev
Publicado por jamildo em Notícias às 17:45

A decisão do Governo do Estado em endurecer as medidas restritivas, proibindo atividades econômicas em 63 municípios pernambucanos pautou o discurso da deputada Clarissa Tércio, na manhã desta quinta, na Alepe.

“Essas proibições de funcionamento de atividades econômicas só trazem mais desemprego e o fechamento de muitos estabelecimentos comerciais. A população precisa trabalhar para manterem suas famílias”, disse a parlamentar, que segue a mesma linha bolsonarista.

Outra pontuação feita pela deputada foi o fato de quarta-feira passada, o Governo do Estado postar em sua conta oficial do Instagram, a informação de que a taxa de mortalidade em Pernambuco por Covid-19 estava abaixo da média nacional e o estado estaria ocupando a 14 colocação no País. E dias depois, o estado apresentar alta significativa dos casos.

“É muito estranha essa alta repentina. Gostaria de entender”, disse.

Em relação às igrejas, a deputada da bancada evangélica disse que por ser uma representante do segmento religioso, na Casa, tem sido muito procurada por lideranças religiosas insatisfeitas com a decisão do Governo do Estado sobre a redução do horário de funcionamento das atividades em 63 municípios, em que as igrejas também estão inclusas.

“Considero essa medida um desrespeito ao direito de culto, previsto na Constituição Federal. É um desrespeito à lei. Precisamos ter esse direito assegurado”, disse a deputada, destacando o trabalho das igrejas, durante a pandemia.

Clarissa disse que o Governo Federal não tem medido esforços para enviar recursos para os estados e municípios brasileiros para investirem em ações de combate à Covid-19 e que Pernambuco tem muito a agradecer ao Governo Federal pelo apoio recebido.


FECHAR