publicidade
24/02/21

Célia Sales tenta ajuda em Brasília para destravar projeto de saneamento de Porto de Galinhas

24 / fev
Publicado por jamildo em Notícias às 19:42

A prefeita de Ipojuca, Célia Sales, foi até Brasília apresentar o projeto de saneamento do município para Porto de Galinhas.

Ela se reuniu, nesta quarta-feira (24), com os ministros do Turismo e do Meio Ambiente, Gilson Machado e Ricardo Salles, respectivamente, para tratar do assunto.

“O saneamento de Porto de Galinhas é algo muito esperado pelos ipojucanos e que, por conta de questões judiciais com origem em outros prefeitos, não conseguimos avançar. Apesar disso, resolvi vir à Brasília conversar pessoalmente com os ministros do Turismo e do Meio Ambiente e apresentá-los nosso projeto de saneamento. Precisamos buscar alternativas para solucionar o problema, já que a Compesa tem como previsão de início das obras o ano de 2022”, afirmou a prefeita Célia Sales.

O ministro do Turismo, Gilson Machado, se colou à disposição para ajudar no que for preciso para destravar este projeto.

“Conte com o Ministério do Turismo, prefeita. A gente vai, sim, lutar para que Porto de Galinhas continue sendo exemplo de destino turístico, como já é”, disse Machado.

Entre os que participaram das reuniões em Brasília estava o deputado estadual Romero Sales Filho, que diz defender urgência nas ações do maior destino turístico do estado.

“A questão do saneamento de Ipojuca tem sido uma das minhas principais pautas como parlamentar. Inclusive, tenho buscado diálogo com a Compesa para que seja encontrada uma solução. A xompanhia alega não ter verba disponível. Sendo assim, me sinto no dever de junto a prefeita articular recursos federais para o município”, disse Sales Filho.

O deputado foi responsável pela articulação da doação do terreno para a construção da ETA de Camela. “A busca por melhor abastecimento e saneamento do município tem destaque em meu mandato”.

De acordo com  a gestão, como resultado das reuniões desta quarta-feira, foi formado um grupo de trabalho com a equipe técnica do Ministério do Meio Ambiente e a equipe técnica da Prefeitura do Ipojuca para viabilizar soluções para o esgotamento sanitário de Porto de Galinhas.

O investimento do projeto apresentado pela prefeitura está em torno de R$ 50 milhões.

“Diante da complexidade da obra, possivelmente o Ministério de Desenvolvimento Regional também seja envolvido”, diz a prefeitura.


FECHAR