publicidade
21/01/21

Recife Convention & Visitors Bureau diz temer concessão do Centro de Convenções para iniciativa privada

21 / jan
Publicado por jamildo em Notícias às 16:20

Depois  das primeiras informações sobre a audiência pública sobre a futura concessão do Centro de Convenções (ou Cecon) pelo Governo de Pernambuco, publicadas no começo de janeiro, pelo blog (veja post mais abaixo), o Recife Convention & Visitors Bureau promoveu um debate sobre o estudo de viabilidade do processo planejado para o Cecon com instituições realizadoras de eventos, empresas de turismo, hoteleiros e agentes de viagem do estado associados à entidade.

Grupo privado que assumir centro de convenções terá que investir R$ 40 milhões em requalificação.

Pois bem.

Os participantes, convidados e profissionais do mercado local de eventos fizeram parte de uma análise dos diversos documentos, com temas desde a gestão financeira até questões de sustentabilidade que envolvem o projeto, fazendo intervenções e sugestões em um debate.

De acordo com Simão Teixeira, presidente do Recife Convention & Visitors Bureau, o trade turístico regional vê com enorme expectativa o processo de concessão do Centro de Convenções.

“O processo traz atrelado grandes investimentos de requalificação há longo tempo aguardados pelo setor, que vê assim a oportunidade de finalmente conseguir a modernização de tão importante equipamento para a economia do turismo metropolitano”.

Mas apareceu um porém.

“No entanto, registramos alguma preocupação com a forma como a concessão será feita, pois sabemos que a grande maioria das empresas deste setor são pequenas e frágeis, o que releva a necessidade de acautelar seus interesses para que não venham a ocorrer repercussões negativas nestas empresas”, disse.

De acordo com a entidade, entre as opiniões expressadas pelos profissionais do setor em relação à concessão do Cecon,  principal equipamento que recebe grandes eventos no estado, estaria a incerteza sobre a mudança no modelo de gestão pelo futuro concessionário.

“Está em causa a mudança de uma gestão pública para uma gestão privada”, escreve em nota oficial enviada ao blog, nesta quinta.

A reunião proposta e organizada pelo Recife CVB foi a primeira de várias.

A entidade diz que servirão como preparação para a audiência pública para a discussão do projeto executivo que acontecerá no primeiro dia de fevereiro.


FECHAR