publicidade
20/01/21
Foto: Bruno Campos/JC Imagem
Foto: Bruno Campos/JC Imagem

Frente de Luta pelo Transporte Público defende congelamento da tarifa no Grande Recife

20 / jan
Publicado por José Matheus Santos em Notícias às 8:43

A Frente de Luta pelo Transporte Público se manifestou, nesta terça-feira (19), contra o reajuste da tarifa de ônibus na Região Metropolitana do Recife. A organização defende o congelamento do preço das passagens.

A manifestação da Frente de Luta, liderada pelo advogado Pedro Josephi, ocorreu no mesmo dia em que os empresários do setor rodoviário anunciaram a proposta de reajuste de 16% na tarifa, o que levaria o preço de R$ 3,45 para R$ 4,00.

Ainda nesta terça, o Governo de Pernambuco divulgou nota em que rejeita a proposta do setor empresarial de aumento de 16% nas passagens, mas sem descartar reajuste.

“A Frente de Luta pelo Transporte Público estranha a proposta dos empresários de aumento das tarifas de ônibus de 16%. O setor empresarial, que recebe volumosas isenções fiscais e subsídios, pouco tem entregue à população do Grande Recife e a pandemia acentuou os graves problemas”, inicia a nota da Frente de Luta.

“Todos os dias ônibus e terminais lotados são a ponta do iceberg. Na periferia, vários veículos quebram diariamente e os terminais de bairro têm sido desativados sem a implementação universal da integração temporal, sem universalização e gratuidade do VEM, sem ar condicionados (antes da pandemia), sem termos tarifa única, entre outras demandas, como o não início do SIMOP (sistema de monitoramento com aplicativo para os usuários)”, acrescenta a frente.

“Por isso, apresentaremos e cobraremos ao Conselho Metropolitano a proposta de congelamento da tarifa no valor do Anel A”, finaliza o movimento.

Foto: Divulgação


FECHAR