publicidade
11/01/21

Marília Arraes crítica demissão de Áureo Cisneiros do Estado e bate em socialistas

11 / jan
Publicado por jamildo em Notícias às 16:10

A deputada federal Marília Arraes (PT-PE) participou de um ato contra a demissão do comissário Áureo Cisneiros (PSOL), ex-presidente do Sinpol, na manhã desta segunda-feira (11), ao lado do monumento Tortura Nunca Mais.

Governo do Estado demite Áureo Cisneiros, ex-presidente do Sinpol

Derrotada por João Campos em uma campanha municipal bastante dura, a deputada federal Marília bateu no PSB e nos socialistas e disse ser “perseguição política a demissão sofrida por Áureo, bem como por conta da luta sindical”.

“Áureo é mais uma vítima da autoritária gestão estadual do PSB, que persegue as principais lideranças sindicais de Pernambuco que lutam em defesa de melhores condições de trabalho e da valorização profissional e salarial dos trabalhadores.

“Esse ato não é só pela readmissão de Áureo, é também um ato para denunciar o viés fascista desse grupo que hoje comanda o estado de Pernambuco. Desse grupo que usa as instituições para influenciar eleitoralmente com todo tipo de mentira.”

“A demissão de Áureo em meio a pandemia e no começo de janeiro mostra toda a desfaçatez do PSB no Governo do Estado. Essa demissão ter acontecido no começo do ano, com a pandemia, tem o objetivo de dificultar uma mobilização.”

“Mesmo com eles tentando nos calar, com toda essa perseguição, não vamos descansar, porque no dia que a gente descansar a gente entrega a escritura do estado de Pernambuco para esse grupo.”

“Conte comigo para fazer a mobilização das bancadas com parlamentares que tenham coragem para fazer esse posicionamento. O PSB é um partido oportunista e que está preocupado com seu projeto de poder. Vamos reverter essa situação para que nunca mais um trabalhador passe por isso.”

Com a palavra, o PSB.

SDS diz que Áureo Cisneiros teve julgamento justo e foi demitido por erros como policial e não sindicalista


FECHAR