publicidade
07/01/21
Foto: Acervo/JC Imagem
Foto: Acervo/JC Imagem

Tamandaré quer capacitar ambulantes e barraqueiros de praia para evitar avanço da covid-19

07 / jan
Publicado por José Matheus Santos em Notícias às 7:56

O prefeito de Tamandaré, Carrapicho (Republicanos), prometeu capacitar comerciantes de praia, como ambulantes e barraqueiros, sobre protocolos de prevenção à covid-19.

A promessa foi feita nesta quarta-feira (06) durante reunião realizada pelo governador Paulo Câmara (PSB) com prefeitos do litoral pernambucano para debater sobre a necessidade de seguir regras de prevenção nas praias.

LEIA TAMBÉM:
> Governo de Pernambuco reduz capacidade de eventos para 150 pessoas no máximo
> Prefeitura de Caruaru abre seleção com 374 vagas de emprego na Saúde

“Realmente tivemos aglomerações nas festas de final de ano, mas estamos trabalhando para conter os excessos e conscientizar as pessoas. Estamos com projeto para capacitar barraqueiros, ambulantes e outras categorias, além de reuniões diárias com o nosso secretariado, em conjunto com a Vigilância Sanitária para vencermos a pandemia”, disse o prefeito.

“Vamos precisar estar unidos para evitar que este cartão postal nosso não seja afetado por qualquer tipo de notícia negativa. Então vamos trabalhar juntos para termos um janeiro de paz, com menos aglomeração e ações efetivas de prevenção”, disse Paulo Câmara (PSB).

LEIA TAMBÉM:
> Covid-19: governo federal zera imposto de importação de seringas e agulhas
> Conselheiro do TCE-PE suspende compra de imóveis para educação no Recife autorizada por Geraldo Julio
> Geraldo Julio já forma equipe no Governo do Estado com dois ex-secretários da Prefeitura do Recife

Medidas no estado

Em meio ao avanço do coronavírus no início do ano, o Governo de Pernambuco anunciou, nesta quarta-feira (06), a redução, em todo o estado, da capacidade de eventos de 300 para no máximo 150 pessoas (formaturas, batizados, casamentos, aniversários e similares) e a prorrogação da proibição de shows e festas até o final de janeiro.

Estão vetadas festas, por exemplo, em restaurantes, barracas de praia, hotéis ou outros estabelecimentos, com ou sem venda de ingressos.

De acordo com o secretário de Saúde de Pernambuco, André Longo, há mais de mil pacientes com suspeita da covid-19 internados em leitos de UTI, públicos e privados, e, a cada três pacientes que desenvolvem quadros graves da doença, ao menos um acaba não resistindo.

“É para não transmitir o vírus e provocar mortes que todos devemos reforçar os cuidados. O vírus pode ser silencioso e inofensivo para você, mas para alguém próximo pode ser fatal. Não vamos deixar que um verão de descuido interrompa a vida das pessoas que amamos”, afirmou o secretário de Saúde.


FECHAR