publicidade
07/01/21
Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil
Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

Butantan envia à Anvisa pedido de uso emergencial da Coronavac; eficácia é de 100% em casos graves, diz governo de SP

07 / jan
Publicado por José Matheus Santos em Notícias às 12:40

O Instituto Butantan enviou, nesta quinta-feira (7), à Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) o pedido de autorização para uso emergencial da vacina Coronavac contra a covid-19.

O prazo para a resposta da Anvisa é de até dez dias. Por se tratar de uso emergencial, é necessária uma autorização da agência regulatória.

A agência ainda não recebeu o pedido para o uso emergencial, o que deverá acontecer nos próximos dias. O prazo de autorização passa a contar a partir do recebimento.

LEIA TAMBÉM:
> Covid-19: governo federal zera imposto de importação de seringas e agulhas
> Conselheiro do TCE-PE suspende compra de imóveis para educação no Recife autorizada por Geraldo Julio
> Geraldo Julio já forma equipe no Governo do Estado com dois ex-secretários da Prefeitura do Recife
> Prefeitura de Caruaru abre seleção com 374 vagas de emprego na Saúde
> Governo de Pernambuco reduz capacidade de eventos para 150 pessoas no máximo

Como se trata de uso emergencial, apenas públicos definidos e a rede pública de saúde poderão ser beneficiados pelo imunizante.

Também nesta quinta-feira (7), o Governo de São Paulo divulgou que a Coronavac, vacina contra a covid-19 desenvolvida pela farmacêutica Sinovac em parceria com o instituto Butantan, tem 78% de eficácia.

O governo de São Paulo também informou que o imunizante apresentou 100% de eficácia na prevenção de casos graves da doença.


FECHAR