publicidade
19/12/20

No PTB, coronel Meira abre processo de expulsão contra Helio dos Terrenos, aliado de Armando Monteiro em Belo Jardim

19 / dez
Publicado por jamildo em Notícias às 11:59

Em seu primeiro ato oficial como o presidente Estadual do PTB Pernambuco, o Coronel Meira destituiu o diretório municipal de Belo Jardim e abriu processo disciplinar contra o atual prefeito da cidade: Francisco Hélio de Melo Santos, popularmente conhecido como Hélio dos Terrenos (PTB).

Hélio dos Terrenos foi eleito com a ajuda de Armando Monteiro e era um dos seus aliados na região. Armando Monteiro abandonou a legenda depois que Meira foi nomeado presidente estadual no Estado. O coronel havia se apresentado como candidato a vereador no Recife, mas não se elegeu.

De acordo com o partido, as mudanças no diretório local de Belo Jardim  e a abertura de processo disciplinar fazem parte das diretrizes implantadas pelo novo estatuto do PTB Nacional, que assume em definitivo, sua posição conservadora.

“A partir de agora, em Pernambuco, não vamos permitir nem caminhar com membros que não estejam 100% alinhados com a ética e a moral; todos deverão respeitar a população e o dinheiro público, além trabalhar firmemente contra a corrupção”, afirmou Coronel Meira.

Ainda nesta sexta, o coronel Meira anunciou que Ed Júnior e Zi Galvão assumirão o diretório municipal do PTB em Belo Jardim. “Eles farão todas as readequações solicitadas pela Executiva Nacional”, disse a legenda.

Hélio dos Terrenos

“Além de abandonar a cidade de Belo Jardim e atrasar salários dos servidores municipais por mais de três meses, o prefeito Hélio dos Terrenos responde a vários processos na justiça por conta das suas irresponsabilidades e incoerências. Ainda sim, enviamos uma notificação oficial do partido para que o senhor Hélio dos Terrenos possa se defender das denúncias que o PTB recebeu sobre sua pessoa nos últimos meses”, afirmou Meira.

Democratas assume cidade

Gilvandro Estrela, do DEM, foi eleito este ano novo prefeito de Belo Jardim para os próximos quatro anos. Ao fim da apuração, Gilvandro Estrela teve 50,25% dos votos. Foram 22.145 votos no total.

O candidato do Democratas derrotou Isabelle Mendonça, do PSB, que ficou em segundo lugar com 29,50% (12.999 votos).

O candidato do PTB, Wilsinho, teve 16,17% dos votos.

O prefeito eleito fez parte da coligação Juntos em Defesa de Belo Jardim, formada pelos partidos CIDADANIA, DEM, PSDB, PSC, PTC, PSD, PP, AVANTE, PL e SOLIDARIEDADE.

.


FECHAR