publicidade
25/11/20
Foto: reprodução do Facebook
Foto: reprodução do Facebook

Michele Collins diz que vai provar sumiço de Bíblia no MPPE

25 / nov
Publicado por jamildo em Notícias às 21:34

De acordo com o PT, o TRE-PE decidiu que a vereadora do Recife Michele Collins, do PP, fosse impedida de fazer qualquer tipo de acusação contra Marília Arraes usando a bíblia.

Caso isto volte a ocorrer, a vereadora poderia ser aplicada uma multa de R$ 100 mil pelo descumprimento da decisão.

“Por decisão do Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE), a vereadora Michele Collins está proibida de mentir ao acusar sem provas que Marília Arraes teria furtado uma bíblia na Câmara de Vereadores”, informou o partido.

Pois bem. Nesta quarta-feira, a vereadora se posicionou, em nota oficial, sem sequer citar o nome da adversária.

“Já juntei todas as provas, já mobilizei o Ministério Público de Pernambuco que vai ouvir as pessoas da Câmara que tem conhecimento nesse episódio do sumiço da Bíblia, esclarecendo tudo. Também confio na justiça de Pernambuco, que preza sempre pela verdade. Porque como uma mãe de família, que tem compromisso com Deus, com a igreja e com o povo, jamais seria irresponsável em proclamar mentiras. Tudo o que eu falo, provo e me responsabilizo. Principalmente na cidade que amo, que escolhi pra viver, ter meus filhos e que tenho construído um legado. A verdade prevalecerá!!”, falou.

“Tenho um ministério há 24 anos militando na política de drogas e há 18 anos na política partidária, junto ao meu esposo Pastor Cleiton Collins. A palavra de Deus é o meu norte e meu dever é com a verdade, pois o meu alvo não está aqui, está no céu. Esse compromisso é maior e vale mais que qualquer coisa aqui nessa terra, porque tudo aqui é passageiro. A minha honra, minha dignidade e meu caráter são para prestar contas, primeiro a Deus, depois aos homens. Sou uma mulher que tem aliança com a verdade. “

Michele Collins ‘detona’ Marília Arraes entre evangélicos para ajudar João Campos com voto conservador no Recife

Quem é o pastor bolsonarista Júnior Tércio, terceiro mais votado no Recife

Escândalos enfraqueceram Assembleia de Deus, que perdeu eleições do Litoral ao Sertão. Derrocada ajudou o pastor Tércio


FECHAR