publicidade
21/11/20

Tulio Gadêlha declara apoio a Marília Arraes no segundo turno do Recife

21 / nov
Publicado por jamildo em Notícias às 15:00

Na véspera da chegada do presidente do PDT Carlos Lupi e do ex-ministro Ciro Gomes ao Recife, para dar apoio à João Campos, do PSB, a candidata a prefeita do Recife, Marília Arraes (PT), utilizou suas redes sociais neste sábado (21), para confirmar o apoio recebido do deputado federal pelo PDT, Túlio Gadêlha.

Rifado da disputa majoritária, o parlamentar se posiciona de forma crítica ao PSB e já havia feito acenos de que poderia estar no palanque da petista.

“Feliz de ter @tuliogadelha comigo nessa caminhada. O segundo turno é nosso!”, afirmou a prefeiturável no Twitter.

Túlio Gadêlha fez diversos elogios a atuação de Marília Arraes no parlamento brasileiro.

“Marilia é mais um ponto de convergência entre projetos políticos necessários para o futuro do pais. Estamos avançando nessa direção. Em São Paulo, Ciro e Lula estão juntos no palanque de Boulos. No Ceara, PT e PDT são aliados de primeira hora. Em Pernambuco, eu e Marilia temos muita esperança no futuro que virá. É hora de deixar as diferenças de lado e olhar o que, de fato, nos une. Porque a única forma de vencer o bolsonarismo e unindo o campo progressista no Brasil”, publicou.

O apoio do pedetista é anunciado na véspera da chegada do presidenciável Ciro Gomes ao Recife.

Ele vem acompanhado do presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, neste domingo (22), para participarem de uma série de compromissos de campanha com o candidato a prefeito do Recife João Campos (PSB) e com a candidata a vice-prefeita Isabella de Roldão (PDT).

Diante da manutenção do PDT na Frente Popular do Recife, Túlio Gadêlha chegou a retirar a sua pré-candidatura a prefeito do Recife e indicou o nome do enfermeiro e correligionário, Rodrigo Patriota, para compor a vice na chapa do socialista.

Considerado fraco politicamente, o nome não foi aceito pelo diretório nacional e estadual, que sugeriram o nome da ex-secretária de Habitação do Recife, Isabella de Roldão.

Como resultado, Túlio Gadelha foi destituído da comissão provisória do partido, antes da realização da convenção partidária, que homologou a ex-vereadora.

O deputado federal já havia feito sinalizações de que poderia apoiar Marília Arraes. Nesta quinta-feira, ele repostou nos stories do Instagram um post que fez no dia 13 de setembro.

“Sou da parte ampla do PDT que não carrega o ódio ao PT. Inclusive, se tem algo que a gente combate é o ódio na política. Sigamos com amor e amplitude”, afirmou.

“Minhas críticas ao PSB são programáticas. Nós defendemos as minorias, ascrianças, a população negra, nós somos um partido que luta por direitos sociais e a realidade, é que as gestões do PSB afundaram o Recife nas desigualdades, na mobilidade. Somos a capital afundada no desemprego, enquanto outras tem conseguido minimamente se recuperar ou dar alguma resposta a população. Aqui foi uma omissão completa”, afirmou Gadêlha, ao JC.


FECHAR