publicidade
28/07/20
Rinaldo Júnior, presidente do Sieec-PE e vereador do Recife, defende maior visibilidade para a categoria - Foto: João Vicente/Divulgação
Rinaldo Júnior, presidente do Sieec-PE e vereador do Recife, defende maior visibilidade para a categoria - Foto: João Vicente/Divulgação

Rinaldo Junior rebate críticas de aliado de Anderson Ferreira aos hospitais de campanha do Recife

28 / jul
Publicado por jamildo em Notícias às 17:00

Para que servem 7 hospitais de campanha?

Por Rinaldo Junior – Vereador do Recife

“Pasmem! Essa pergunta absurda foi feita hoje pelo vereador bolsonarista Fred Ferreira, durante sessão plenária remota da Câmara Municipal do Recife. Nesta época de acirramento político, por conta da proximidade das eleições municipais e de inoportuna politização de um tema como a Pandemia do novo Coronavírus, é esperado de tudo no debate político, porém, não esperava ouvir uma pergunta como essa de um parlamentar. Como vereador do Recife e represente do povo de nossa cidade, sinto-me na obrigação de responder em público, como fiz hoje, durante a Sessão, mesmo estarrecido e surpreso com tal questionamento, e mesmo sabendo que a melhor resposta, com certeza, está com os 2310 recifenses que tiveram suas vidas salvas nesses hospitais.

Porém, quero responder a esse questionamento feito contra a Gestão da Prefeitura do Recife no combate à Covid-19, de forma técnica e com números, entendendo até que não há maldade no vereador, apenas falta de informação, que, por sinal, o parlamentar não participou de nenhuma reunião da comissão interpartidária de combate ao Covid-19, pois, se o mesmo freqüentasse as comissões e audiências existentes na Câmara, com certeza não cometeria equívocos como esse.

Se o nosso nobre vereador tivesse o cuidado de se debruçar no Plano Municipal de combate à Covid-19 no Recife, teria informações de que houve uma redução consistente no número de novos casos há mais de 60 dias. Novos casos caíram 95,7%, passando de média de 285 por dia, no pico, para 12 por dia hoje. Óbitos caíram 88,4% e casos graves 94,5%. E a construção de 7 Hospitais de Campanha em 40 dias, com mais de mil leitos, foi essencial para chegarmos a essa situação atual. Pois, a redução dos casos permitiu a reorganização da rede emergencial com a desmobilização de 300 leitos de enfermaria e o foco na abertura de UTIs. Hoje, são 724 leitos, com 382 de enfermaria e 342 de UTIs.

Então, para que servem 7 hospitais de campanha? Os Hospitais de Campanha fizeram 12.972 atendimentos, 4.850 internações e 2.310 altas, ou seja, 2.310 vidas salvas.

Tudo isso graças a uma série de medidas que foram tomadas em conjunto à construção dos hospitais, como a Contratação de 4.172 profissionais para atendimento dos pacientes com covid-19, além de compra de 3,5 milhões de itens de Equipamento de Proteção Individual (EPIs) para os profissionais de saúde da rede municipal, aquisição de mais de 10 mil equipamentos médico-hospitalares como respiradores, monitores de sinais vitais, desfibriladores e compactadores de oxigênio para colocar os leitos em funcionamento, além de outras ações importantes e essenciais para o combate à Covid-19.

Sem falar que a prefeitura do Recife agiu rápido. Logo que a Organização Mundial de Saúde decretou a pandemia, a prefeitura somou esforços e agiu de forma rápida e competente. Assim, a Prefeitura do Recife conseguiu atender bem os pacientes infectados com a Covid-19.

Sem os 7 hospitais de campanha, a taxa de ocupação ainda estaria em 100% e não haveria o plano de convivência. Sabe o que isso significa? Que o comércio não teria aberto, os shoppings não teriam voltado à abrir suas portas, os escritórios ainda estariam desativados, os parques fechados, os restaurantes, bares e lanchonetes também ainda estariam fechados. E, possivelmente, todos nós ainda estaríamos na quarentena, cumprindo isolamento social, como estamos assistindo em outras cidades do país.

Para que servem 7 hospitais de campanha, vereador? Para salvar vidas. E foi esse o foco da Prefeitura do Recife e de todos os profissionais de saúde envolvidos nessa maratona, desde o início do combate à Covid-19.

E para finalizar, quero lembrar que a Prefeitura se preocupou também com os gastos, em respeito ao dinheiro do recifense, e conseguiu fazer um corte de despesas em todas as áreas da Prefeitura do Recife, garantindo R$ 230 milhões em recursos próprios para as ações do plano de combate à Covid-19. Tudo isso, com um único objetivo, SALVAR VIDAS !

Portanto, espero ter respondido à pergunta do excelentíssimo vereador.”


FECHAR